Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Bayer abre trainee para profissionais negros com salário de R$ 6,9 mil

São 19 vagas voltadas para a valorização étnico racial e no desenvolvimento de carreira para posições de liderança.

Compartilhe

A Bayer, empresa química e farmacêutica alemã, abre nesta-sexta-feira, 18, as inscrições para um programa inédito de trainee com vagas exclusivas para profissionais negros. São 19 vagas voltadas para a valorização étnico racial e no desenvolvimento de carreira para posições de liderança. As informaões são da Exame.

“Estamos falando do maior programa que já lançamos e que é resultado de um processo dentro da empresa que vem caminhando há um tempo, com uma série de medidas para reforçar o compromisso da empresa com diversidade e inclusão”, fala Maurício Rodrigues, vice-presidente de Finanças da Bayer Crop Science.

O executivo é o patrocinador do grupo BayAfro, a vertente do grupo de diversidade que trabalha a temática racial. Segundo ele, a companhia colocou um direcionamento muito claro de que precisa ser inclusiva para inovar. Um dos trabalhos feito internamente foi o de educar os colaboradores para trabalhar vieses inconscientes.

Maurício Rodrigues, vice-presidente de finanças / Bayer

“Não adianta só trazer a pessoa para dentro da empresa, você precisa trabalhar para assegurar que o ambiente é inclusivo. E outro lado é o desenvolvimento das pessoas que contratarmos para termos equidade”, explica o VP.

Para reforçar esse compromisso, a Bayer implementou paralelamente um novo programa de mentoria da BayAfro para os colaboradores que já trabalham lá. Serão 16 estagiários e analistas juniores que passarão três meses sendo orientados por outros profissionais mais experientes de diversas áreas.

Hoje, a Bayer possui cerca de 430 estagiários no Brasil, e 120 representantes da população negra. Para a primeira turma do programa de mentoria, foram escolhidos 13 estagiários e três analistas.

Segundo Elisabete Rello, líder de Recursos Humanos, a mentoria e o programa de trainee com o maior número de vagas nos últimos 10 anos são investimentos da Bayer para uma inclusão que vai além do currículo.

“Queremos entender os valores e propósito que movem as pessoas, queremos ajudá-las a realizar suas aspirações, respeitando as experiências de vida. Queremos que o programa seja uma fonte valiosa de novos talentos, buscando conciliar necessidades dos negócios e expectativas das pessoas”, afirma.

Para se candidatar ao Programa Liderança Negra, os profissionais negros devem ter graduação (superior ou tecnólogo) completa ou pós-graduação, entre dezembro de 2017 e dezembro de 2020. Não há restrição de curso, os perfis serão selecionados de acordo com as necessidades de cada área.

O processo também não terá teste de inglês. A empresa vai oferecer um auxílio para o aprendizado da língua aos contratados que precisarem e todos passarão por uma trilha de desenvolvimento.

As oportunidades são nas cidades de São Paulo (SP), Belford Roxo (RJ), Camaçari (BA), Petrolina (PE) e Uberlândia (MG).

“Queremos trazer pessoas com alto potencial, resiliência e condições de se adaptar. Algumas restrições tradicionais não faziam sentido para esse objetivo e fizemos esforços para tirar essas amarras. Outras aprendizagens técnicas podem ser aprendidas dentro da companhia”, explica Rodrigues.

Para o vice-presidente, existem passos necessários e ações efetivas a serem feitas para haver uma mudança real. Ele fala que a iniciativa da Bayer representa uma tentativa, que está sujeita a erros e aberta para melhorias no futuro. “Queremos continuar crescendo e que essa não seja uma iniciativa isolada. Queremos também dar luz a um problema da sociedade e mostrar uma jornada que começou a anos”, fala.

“Eu olho para trás na carreira e fui trainee em um grande banco há 22 anos, quando o tema de diversidade nem era falado. Eu tive oportunidades pelos meus pais terem quebrado um ciclo e entrado no ensino superior. Mas sei que não é a realidade para todos”, comenta ele.

As inscrições ficam abertas até o dia 21 de outubro pelo site da Cia de Talentos. E na divulgação do programa, a Bayer não colocou atores, mas funcionários reais da companhia.


Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar