Bebê de 1 ano morre após mãe deixá-la no carro para ir ao salão

O caso aconteceu em Atlanta, no estado da Geórgia (EUA)

A pequena Skylar, de 1 ano e 1 mês, morreu após passar seis horas em um carro fechado enquanto sua mãe, Dijanelle Fowler, de 25 anos, que a deixou no local, estava arrumando o cabelo em um salão de beleza. O caso aconteceu em Atlanta, no estado da Geórgia (EUA).

Image title

Dijanelle contou às autoridades que deixou o ar-condicionado ligado, mas a bateria do carro descarregou inesperadamente. Por conta disso, a criança ficou exposta ao calor de 33ºC que fazia naquele dia - e era ainda mais intenso no interior do veículo.

No salão desde às 10h, Dijanelle só voltou ao carro por volta das 16h, conforme registro de uma câmera de segurança, mas sua única atitude foi pedir ajuda para fazer o veículo voltar a funcionar. "Em vez de ligar para a emergência, ela ligou para pedir assistência para a bateria do carro", explicou Shiera Campbell, porta-voz da polícia do condado de DeKalb, ao New York Daily News.

Devido a isso, os policiais acreditam que a criança já estava morta naquele momento, mas que a mulher cobriu o corpo dela com algumas roupas para escondê-lo da pessoa que viria arrumar o veículo. Só depois ela dirigiu até um hospital e ligou para a emergência, alegando que havia passado mal e desmaiado no carro.

No hospital, os médicos concluíram que a criança havia morrido horas antes do que a mãe havia sugerido e a mulher fugiu da cidade. Na terça-feira (18), Dijanelle se entregou à polícia. Ela irá responder por homicídio, crueldade contra criança e ocultação de cadáver.

Segundo dados da organização norte-americana Kids And Cars, vinte e três crianças morreram somente neste ano por terem sido deixadas em carros fechados nos EUA. O número já é mais alto do que o contabilizado durante o mesmo período em 2016, quando, ao todo, 39 crianças morreram nestas condições no país.

Fonte: Com informações da UOL
logomarca do portal meionorte..com