Bebê de 41 dias se torna mais jovem doador de órgãos

O pequeno Theodore Omondi viveu apenas 41 dias

O pequeno Theodore Omondi viveu apenas 41 dias, mas salvou a vida de duas pessoas e tornou-se o mais jovem doador de órgãos do Reino Unido. Orgulhosos do filho, os pais do menino, que não tiveram seus nomes divulgados, optaram por divulgar uma carta e uma foto do filho para contar a história do filho - que faleceu devido a uma enfermidade não informada.

"Para nós, foram, e têm sido, tempos difíceis, mas a decisão de fazer a doação nunca foi algo complicado. Nós acreditamos que ele gostaria de ajudar os outros, se tivesse tido a chance de crescer e fazer a própria escolha", escrevem os pais em carta aberta divulgada pela imprensa britânica. Eles ainda acrescentam: "Temos orgulho do que o Theo pôde fazer".

Doação

A pequena Imogen Bolton, de cinco meses, recebeu os pulmões de Theodore, após uma operação de sete horas no Great Ormond Street Hospital, em Londres (Inglaterra). Outra pessoa, que não teve o nome e a idade divulgados, recebeu os rins do menino.

"Sabemos que cada vez que Imogen respira é como se fosse o ar para nosso filho", escrevem os pais do pequeno doador. "Cada aniversário que ela completa também é uma celebração do nascimento de Theo".

Os pais da menina, Hayley e Jason Bolton, afirmaram que não há palavras para expressar a gratidão que sentem pela doação que salvou a vida da filha.

Image title

Image title

Fonte: Com informações da UOL