Gabriel da Silva dos Santos Ferreira e Vitória Carvalho Borges Barria foram presos acusados de homicídio qualificado por policiais da 135ª DP (Itaocara), nesta terça-feira (26), pela morte da própria filha, Helena Borges Ferreira, de 3 meses. A menina foi agredida por dias seguidos e apresentava lesões como fraturas de tíbia e fêmur, caracterizando a síndrome de Silvermann.

O laudo médico revela que a menina sofreu contusão abdominal com lesão hepática, lesão do pâncreas e hemorragia peritonial e retroperitoneal, além de contusão do crânio com edema cerebral provocado por ação contundente.

Ela deu entrada no Hospital de Itacoatiara na última sexta-feira (22). A enfermeira Elaine da Silva Escobar, que estava de plantão, disse que a criança já chegou na unidade sem respirar e que, por mais que tenham sido feitas manobras de reanimação pela equipe, "a menina já apresentava início de rigidez".

Bebê de três meses morre após sofrer agressões do pai no RJ (Foto: Divulgação)Bebê de três meses morre após sofrer agressões do pai no RJ (Foto: Divulgação)O médico plantonista Raphael Santiago Dias não emitiu atestado de óbito e chamou a polícia.  O comportamento frio e indiferente de Gabriel logo após a notícia da morte da filha chamou a atenção da polícia.  

Em depoimento, Gabriel negou as agressões e chegou a dizer que as manchas roxas no corpo da criança eram consequência de anemia e infecção urinária. O pai disse ainda que o bebê tinha acompanhamento de um ortopedista por ser portadora  da doença dos ossos de vidro (osteogenesis Imperfecta). No entanto, as investigações e os exames confirmaram as agressões.

Bebê de três meses morre após sofrer agressões do pai no RJ (Foto: Divulgação)Bebê de três meses morre após sofrer agressões do pai no RJ (Foto: Divulgação)Bebê de três meses morre após sofrer agressões do pai no RJ (Foto: Divulgação)