Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

Bode vai ganhar estátua em município de Sergipe

Bode vai ganhar estátua em município de Sergipe

Bode vai ganhar estátua em município de Sergipe
Bode vai ganhar estátua em município de Sergipe | Divulgação
Compartilhe

Ele deveria se transformar numa buchada, prato t?pico da culin?ria nordestina, mas acabou virando atra??o na cidade e ganhando fama nacional e at? internacional. Bode Bito, o famoso bode de Riach?o do Dantas, a 99 km de Aracaju, vai ganhar est?tua com direito a pedestal na entrada da cidade e solenidade de inaugura??o.

O animal morreu no dia 29 de julho e esta ser? a homenagem da cidade ao bicho que mais ajudou a divulgar a pequena Riach?o do Dantas, de apenas 20 mil habitantes. "Assim que o bode morreu solicitei na C?mara que a prefeitura constru?sse um busto do animal. Foi um pedido do povo como uma forma de deixar a marca dele na cidade. Bode Bito se foi, mas a sua hist?ria ficar? para sempre", justifica o vereador Jos? Edson de Almeida (PR), autor do requerimento no Legislativo.

O prefeito de Riach?o, Laelson Menezes (PCdoB), mandou confeccionar a est?tua na Para?ba. A obra foi constru?da em concreto armado e ficar? exposta no trevo de acesso ? cidade. A solenidade de inaugura??o vai acontecer no dia 9 de setembro durante o desfile c?vico dos estudantes do munic?pio. "A inaugura??o da est?tua vai estar inserida na programa??o oficial da prefeitura, com direito, inclusive, a discurso", antecipa Menezes.

"Acho uma homenagem justa. Hoje, se voc? acessar a Internet e digitar Bode Bito vai encontrar milhares de imagens e v?rios sites com a hist?ria dele. Isso tudo ajudou a propagar o nome de Riach?o", afirma o servidor p?blico Abra?o Moreira Lima.

Um animal diferente

Mas qual a raz?o para um animal ganhar uma est?tua no ponto mais nobre de um munic?pio? Bode Bito era um caprino diferente. N?o gostava de viver preso junto a outros animais da sua ra?a nem de comer ra??o ou capim. Andava solto pelas ruas e cultivava amizades com as pessoas, que se acostumaram a v?-lo entre uma casa e outra atr?s de um agrado. Gostava de biscoitos, balas e milho.

Bode Bito ganhou fama mesmo por gostar de participar de vel?rios, passando toda a madrugada em sentinela junto com familiares e amigos do morto, e a acompanhar os enterros e prociss?es religiosas. N?o perdeu um sepultamento ou prociss?o nos seus 20 anos de vida.

"Acredito que ele fazia isso n?o por saber distinguir o que era um vel?rio, mas por gostar de estar entre uma aglomera??o de pessoas. Ele se sentia bem naquele meio porque muitas vezes sa?a um lanche e as pessoas o serviam. Isso tudo atraia a sua aten??o", conta o comerciante Jo?lio Gon?alves de Ara?jo, ex-dono do animal.

Segundo o ex-propriet?rio, Bode Bito se mostrou ser um animal diferente aos poucos. O caprino foi adquirido a um feirante que o levou para a feira de Riach?o.

"Comprei o bode para engord?-lo e fazer uma buchada. S? que com o decorrer do tempo ele passou a se comportar diferente. Gostava de beber leite em uma vasilha que deixava aqui na cal?ada e de comer milho. Depois ele passou a acompanhar as pessoas e com isso ganhar o carinho da popula??o. Com o tempo fiquei impossibilitado de mat?-lo para fazer a buchada", lembra Jo?lio Ara?jo.

Bode virou ator

Na cidade o animal ganhou at? uma festa, a Festa do Bode, que esse ano chegou ? sua oitava edi??o. Em outubro do ano passado foi mais longe e virou hist?ria no cinema. A ex-vice-prefeita da cidade, F?tima G?es, dirigiu o document?rio "Deu Bode", que foi um dos 40 selecionados pelo projeto Revelando Brasis, do Minist?rio da Cultura. Idealizadora da festa, ela promete manter a tradi??o anual, mesmo com a morte de Bode Bito. "? o m?nimo que podemos fazer", alega.

Existem muitas hist?rias envolvendo o bode de Riach?o, mas poucas se destacam como a sua pris?o, determinada pela ju?za da cidade em 1998. A magistrada baixou uma portaria proibindo os donos de animais de soltar seus bichos pela cidade. Cavalos, bois e caprinos deveriam ficar presos, sob pena de pris?o do propriet?rio. "Tive que prender Bode Bito no pasto. Como as pessoas sentiram a falta dele, vinham aqui em casa para visit?-lo. Ele n?o gostava de ficar preso e j? estav


Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar