Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Bordado feito à mão compõe peças exclusivas e vira fonte de renda

As peças têm caído no gosto dos teresinenses

Compartilhe
Google Whatsapp

A delicadeza e originalidade dos bordados feitos à mão tem caído no gosto de muita gente e tem sido o diferencial de muitas peças, sejam elas de decoração, roupas e até mesmo acessórios. Sem contar que muitas peças têm muita riqueza de detalhes, e muitas vezes contam histórias de vida, em pequenos traços e cores.

Há menos de um ano, a estudante de Psicologia, Karolinny Marques de Abreu, começou a bordar como passatempo, e começou a observar colares e chaveiros diferentes, em outras cidades, e viu que poderia fazer algo de diferente aqui em Teresina também. A partir daí, ela começou a pesquisar tutoriais que ensinam bordados para iniciantes e passou a fazer pequenos bordados, mas queria um material também diferente, para personalizar.

Gabriel Paulino

A partir daí, ela mandou confeccionar os chaveiros, colares, pulseiras e outros acessórios em MDF - um tipo de madeira, em vários formatos, e, então, passou a montar peças originais e delicadas, cobrindo com os bordados feitos à mão, em tecidos de algodão. A partir daí, montou uma loja virtual e os pedidos não pararam de chegar. No início, o público-alvo eram as amigas e familiares, e depois passou a ser os demais interessados e o negócio foi se expandindo para toda a Teresina e até para outras cidades do Piauí.

Os clientes pedem nomes, letras, desenhos, e até contam alguma história de um momento de suas vidas, que a estudante transforma em arte. Segundo ela, o negócio está dando muito certo e tende a crescer, por conta, justamente, de serem peças especiais. Ou seja, são confeccionadas sob encomenda, de acordo com o gosto de cada cliente, mas com uma pitada de criatividade que Karolinny Marques dá às peças, tornando-as apreciativas e contemplativas.

Gabriel Paulino

"O artesanato em Teresina é algo que as pessoas, de modo geral, gostam muito. Meus clientes ficam muito encantados com as minhas peças. Têm pessoas que me contam suas histórias, e a partir daí, a    gente monta uma peça", disse a artesã. Ela relatou a história de uma garota que tinha em casa oito porquinhos da Índia e um periquito australiano. “A gente montou um colar, onde tinha uma peça, representando o periquito australiano e os dentinhos dos porquinhos”, disse.

"As pessoas se encantam, porque só ela tem aquela peça e que representa um pouco da história da vida dela", reforça Karolinny Marques, acrescentando que a comercialização das peças é uma maneira de ela conseguir uma renda para ajudar a custear algumas despesas da faculdade. "No momento, não dá para viver só com a renda das peças, porque eu estudo. Mas se a pessoa se dedicar a trabalhar só da sua arte, com certeza daria para viver só com essa renda", finaliza.

Empoderamento feminino bordado em camisetas

Bordados personalizados em camisetas, com nomes, frases e, principalmente frases de empoderamento feminino, são a grande pedida de muita gente, em Teresina. E quem viu nesse ramo uma fonte de renda extra foi a jornalista Flávia Bacelar. A princípio, ela montou sua loja virtual de acessórios, com uma amiga, mas depois seguiu carreira solo, no empreendimento.

Hoje, Flávia é especialista em camisetas bordadas, de acordo com o pedido do cliente. "As camisetas são bordadas só por encomendas. A pessoa diz a frase ou o nome, a cor e eu faço de acordo com o gosto de cada um. A maioria dos meus clientes é de mulheres com uma faixa etária de 18 a 30 anos, mas tem encomenda também de pessoas de todas as idades", explica.

Reprodução / Instagram

Segundo ela, muitas universitárias estão encomendando camisetas com o nome dos seus respectivos cursos. "O nosso carro-forte são frases de empoderamento feminino, trazendo essa pegada de feminismo", afirma Flávia, acrescentando que o lucro é considerável, embora variável, pelo fato de ela trabalhar com encomendas.

A produção, desde a compra da malha ao bordado feito à mão, é toda realizada pela loja e sempre de acordo com a escolha do cliente, até mesmo em relação ao tamanho da letra, do nome e/ou das frases.


Tópicos
Compartilhe
Google Whatsapp

veja também

Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar