SEÇÕES

Brasil: Usinas de energia em operação 1º trimestre de 2023 somam 2,7 GW

Os estados de Minas Gerais, Rio Grande do Norte, Bahia e Piauí apresentaram os maiores resultados até o momento,

Energia eólica | Divulgação Portal Brasil
FACEBOOK WHATSAPP TWITTER TELEGRAM MESSENGER

A capacidade de geração de energia elétrica do Brasil teve um crescimento expressivo no primeiro trimestre de 2023, atingindo a marca de 2.746,5 megawatts (MW) – o dobro do crescimento registrado no mesmo período do ano anterior, que foi de 1.367 MW. Os dados foram divulgados pela Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL)que registrou a entrada em operação comercial de 82 usinas até 31 de março.

Do total de usinas que entraram em operação, 44 são eólicas, com uma capacidade instalada de 1.485 MW, seguidas por 23 usinas solares fotovoltaicas, com 920,2 MW, 10 termelétricas, com 278,1 MW, quatro pequenas centrais hidrelétricas, com 59,8 MW, e uma central geradora hidrelétrica, com 3,4 MW. As fontes solar e eólica representam juntas 87,6% da capacidade instalada no ano.

Piauí está entre os estados de maior produção (Portal Brasil)

Se considerarmos apenas o mês de março, a expansão na matriz elétrica foi de 708,4 MW, provenientes de 28 usinas, sendo 17 eólicas, com 338,5 MW, oito solares fotovoltaicas, com 340,3 MW, duas pequenas centrais hidrelétricas, com 21,3 MW, e uma termelétrica, com 8,3 MW.

Leia Mais

As usinas que iniciaram a operação este ano estão distribuídas em 13 estados de quatro regiões do Brasil. Os estados de Minas Gerais, Rio Grande do Norte, Bahia e Piauí apresentaram os maiores resultados até o momento, em ordem decrescente. No mês de março, Minas Gerais teve o maior salto, com 333,7 MW provenientes da entrada em operação da Central Geradora Fotovoltaica AC IX.

De acordo com o Sistema de Informações de Geração da ANEEL, conhecido como SIGA, o Brasil acumulou uma potência fiscalizada de 191.323,9 MW até 31 de março. Deste total, 83,6% das usinas são consideradas renováveis, conforme dados atualizados diariamente pelo SIGA.

A ANEEL disponibiliza ainda painéis interativos com informações sobre a expansão da oferta de geração de energia, incluindo previsões para entrada de novas unidades geradoras nos próximos anos e histórico de expansão desde sua criação em 1997. Além disso, uma base de dados com informações de previsão e acompanhamento de obras dos empreendimentos outorgados para construção também está disponível.



Participe de nosso grupo no WhatsApp, clicando nesse link

Entre em nosso canal do Telegram, clique neste link

Baixe nosso app no Android, clique neste link


Tópicos