A aplica??o das pol?ticas p?blicas de assist?ncia t?cnica e extens?o rural est? deixando de ser assistencialista para ser emancipat?ria. Foi o que disse, na manh? desta quarta-feira (3), o extensionista rural Jos? Milton Campelo, durante semin?rio A extens?o rural e a redu??o das desigualdades sociais, promovido pela Asbraer (Associa??o Brasileira de Assist?ncia T?cnica e Extens?o Rural), na C?mara Federal, em Bras?lia. O evento se estender? at? sexta-feira (5).

Milton Campelo ? piauiense, do munic?pio de S?o Miguel do Tapuio, e atua na Emater-DF (Empresa de Assist?ncia T?cnica e Extens?o Rural do Distrito Federal). Ele foi escolhido como o Extensionista do Ano de 2007 no Distrito Federal pelo trabalho que realiza com agricultores familiares no distrito de Brasl?ndia.

A abertura do semin?rio, que ocorreu no audit?rio Lineu Ramos, contou com a presen?a de v?rias autoridades, dentre as quais do ministro do Desenvolvimento Agr?rio, Guilherme Cassel; e do presidente da Contag (Confedera??o dos Trabalhadores da Agricultura), Manoel dos Santos. Na oportunidade, houve o lan?amento da Frente Parlamentar pela Extens?o Rural P?blica e da Academia Brasileira da Extens?o Rural. A frente parlamentar ? composta por senadores como Pedro Simon (RS) e Jonas Pinheiro (MT), que tamb?m participaram da abertura do evento.

O diretor-geral do Emater-PI (Instituto de Assist?ncia T?cnica e Extens?o Rural do Piau?), Francisco Guedes, representou o governador Wellington Dias na solenidade, que contou, tamb?m, com a participa??o de outros piauienses, como os deputados federais Nazareno Fonteles e J?lio C?sar, membros da frente parlamentar. Guedes parabenizou a diretoria da Asbrae pela iniciativa da proposi??o de cria??o da frente parlamentar, que conta com a ades?o de 263 deputados federais e 21 senadores. Ele tamb?m agradeceu aos deputados piauienses Nazareno Fonteles, J?lio C?sar, ?tila Lira, B. S?, Osmar J?nior e Paes Landim, que aderiram ? proposta. ?Essa ? uma das maneiras de valorizar os agricultores familiares do Piau?, disse.

?Esta ? uma conquista para o Brasil; valorizar a agricultura familiar, o pequeno agricultor, ? o resgate que o Brasil deve aos agricultores familiares", disse o presidente da Asbraer, Jos? Silva Soares. "Estamos criando esta frente parlamentar para que possamos atender todos os agricultores do pa?s e garantir recursos or?ament?rios significativos que garantam a cada Estado reorganizar, estruturar os seus servi?os de extens?o rural com ve?culos, contrata??o e capacita??o de extensionistas para fazer chegar a tecnologia ao pequeno agricultor", ressaltou ele. "Esta frente parlamentar vai abrir uma agenda pol?tica para discutir, no Parlamento e no Governo Federal, for?as para garantir efetivamente a extens?o rural aos nossos agricultores.?

O ministro Guilherme Cassel disse que, para mudar o meio rural brasileiro, ? necess?rio, primeiramente, o acesso ? terra e, em seguida, o conhecimento, sendo esse ? o papel da extens?o rural. "Em 2003, t?nhamos um or?amento de R$ 3 milh?es, tr?s mil funcion?rios para darem conta de assist?ncia t?cnica a 4,1 milh?es de fam?lias de agricultores familiares; hoje, estamos operando com um or?amento de R$ 168 milh?es, 20 mil t?cnicos espalhados de norte a sul do Pa?s prestando um servi?o de qualidade: este ? um trabalho que conta com as entidades estaduais, universidades, sociedade civil, ONGs e cooperativas?, acentuou o ministro.

O presidente da Contag, Manoel dos Santos, disse que a necessidade de reforma agr?ria n?o ? s? distribui??o de terra. ?O Pronaf (Programa Nacional da Agricultura Familiar) cresceu, mas ? preciso planejar melhor. Da? a import?ncia da assist?ncia t?cnica e extens?o rural para que possamos utilizar bem os R$ 168 milh?es previstos para aplica??o em assist?ncia t?cnica este ano?, finalizou.