Brasília amanhece sem metrô nesta sexta; pistas foram interditadas

Metrô-DF decidiu fechar estações por causa das manifestações

Moradores do DF encontraram as estações do metrô fechadas na manhã desta sexta (28). Na noite de quinta (27) a empresa anunciou que os trens não funcionariam por causa das manifestações contra a reforma trabalhista e da previdência.

Ônibus também permaneceram nas garagens. Dois pedidos de liminar para impedir a greve no sistema de transporte foram negados ainda na quinta-feira. Para a circulação de carros, o DER anunciou que as faixas exclusivas para ônibus na EPTG e EPNB foram liberadas.

Pistas bloqueadas

Na via que dá acesso para Aeroporto Internacional Juscelino Kubitschek, manifestantes atearam fogo em pneus para impedir o trânsito. Por volta das 5h30 desta sexta-feira (28), de acordo com a Polícia Militar, cerca de 300 manifestantes fizeram barricadas bloqueando os dois sentidos da pista. Passageiros tiveram que descer dos carros e seguir a pé para o aeroporto.

Em nota, a Inframerica, concessionária responsável pela gestão do aeroporto de Brasília, informou que devido a greve geral, dos 26 voos previstos para o período de meia-noite às 06h, quatro sofreram atrasos acima de 30 minutos e dois foram cancelados.

Na BR-070, altura do Incra 8, a pista foi fechada nos dois sentidos pelos manifestantes.

A Estrada Parque Núcleo Bandeirante (EPNB) também foi bloqueada, próximo a UPA.

Na BR-020 o bloqueio foi feito em frente a Embrapa. A BR- 040 também foi bloqueada por manifestantes na altura do Polo JK.

Transporte pirata

A rodoviária do Plano Piloto ficou quase vazia por causa da paralisação dos ônibus. Os poucos passageiros que passaram pelo local arriscaram usar o transporte pirata para se deslocar.

A moradora de Sobradinho Cecile de Oliveira, de 33 anos, precisava ir do centro da capital até a Rodoviária Interestadual porque tinha uma viagem marcada para às 9h15, mas teve que desistir.

"Eu não sabia que ia ter paralisação, mas vim mais cedo por precaução" , disse Cecile.

Bloqueios na região central

Desde a 0h desta sexta, os dois sentidos da Esplanada dos Ministérios estão interditados para veículos, da altura da Rodoviária do Plano Piloto até o Balão do Presidente, na avenida L4 Sul. Segundo a Secretaria de Segurança Pública, a medida foi adotada para garantir a segurança das pessoas que participarão dos atos.

Como alternativa aos bloqueios, os motoristas vão poder circular pelas avenidas L4 Sul e Norte, além das vias S2 e N2 – que ficam atrás dos Ministérios. Os estacionamentos dos prédios ministeriais e das vias de ligação da N1 e da S1 serão fechados.

Nesta quinta (27), o Congresso Nacional, o Supremo Tribunal Federal (STF) e o Ministério das Relações Exteriores foram cercados por alambrados. Em nota, a Secretaria de Cultura informou que a Biblioteca Nacional, o Museu da República, o Centro Cultural Três Poderes e o Memorial dos Povos Indígenas também serão fechados em decorrência dos protestos – esses prédios ficam nas margens do Eixo Monumental.


Image title

Image title

Fonte: Com informações do G1
logomarca do portal meionorte..com