mais

Bruno Covas se submete a radioterapia para controlar sangramento

Covas está internado desde o último fim de semana em decorrência de problemas no seu tratamento contra um câncer

O prefeito licenciado de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), iniciou tratamento com radioterapia, nesta quinta-feira, 6, para tentar controlar um sangramento residual detectado em seu estômago, segundo boletim médico divulgado pelo Hospital Sírio-Libanês, no centro da capital. Covas está internado desde o último fim de semana em decorrência de problemas no seu tratamento contra um câncer metastático que atinge o sistema digestivo e os ossos.

De acordo com o boletim, Covas havia feito uma endoscopia na quarta-feira, que "evidenciou discreto sangramento residual no estômago". Foi um sangramento na cárdia (a interligação entre o estômago e o esôfago), local onde um de seus três primeiros tumores foi detectado, que o havia feito precisar ir para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do hospital na última segunda-feira. Esse primeiro sangramento havia sido controlado no próprio exame, mas o prefeito foi para o centro de cuidado intensivo para se recuperar.

Bruno Covas iniciou tratamento para controlar sangramento no estômago (Alex Silva/Estadão)Bruno Covas iniciou tratamento para controlar sangramento no estômago (Alex Silva/Estadão)

Desta vez, a nova endoscopia revelou que havia ponto de hemorragia. "Desta forma, foi iniciado tratamento local com radioterapia para controle deste sangramento", informa o boletim médico.

Ainda segundo o Sírio-Libanês, "o prefeito está recebendo todo suporte clínico necessário e seu quadro clínico é estável", mas "no momento, não há previsão de alta hospitalar".

Desde que o primeiro sangramento foi detectado, Covas teve de interromper o tratamento contra os tumores que atingem o fígado, a bacia e a coluna. Ele vinha se submetendo a um procedimento que combinava sessões de quimioterapia e radioterapia. Esse tratamento ainda não tem data para ser retornado.

Covas descobriu que tinha câncer em outubro de 2019, inicialmente na cárdia, no fígado e em gânglios linfáticos. O tratamento fez com que parte dos tumores diminuíssem. Neste ano, após piora, os médicos detectaram os novos pontos tumorais. O prefeito se licenciou do cargo no último domingo, 2, por um período em 30 dias.

Tópicos

comentários

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Desbloquear Notificações

Como desbloquear notificações

Na barra de endereço, clique no cadeado e em Notificações escolha a opção permitir, como na imagem abaixo

desbloqueio de notificação push

Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail