Caminhoneiro é condenado a 7 anos de prisão por matar deficiente

O acusado jogou o seu caminhão contra o deficiente

A juíza Maria do Perpetuo Socorro Ivani de Vasconcelos, da 1ª Vara Criminal de Parnaíba, condenou o caminhoneiro José Juarez Castro Filho a 7 anos e seis meses de reclusão por crimes de homicídio culposo (quando não há intenção de matar) e resistência à prisão.

Segundo a denúncia, no dia 05 de fevereiro de 2017, por volta das 16 horas, na Rua Projetada, em Parnaíba, o acusado jogou o seu caminhão Mercedez Benz L 1113, placas MXM0578 contra Rogério Cardoso da Silva, deficiente, que não resistiu e morreu no local, sem nenhuma chance de defesa.

José fugiu, furou dois bloqueios policiais e só foi preso porque durante perseguição policial o veículo teve uma pane.

Fonte: Com informações do Jornal da Parnaíba