Campanha poderosa chama atenção para o combate ao câncer de mama

A iniciativa desafia uma das regras mais rígidas das redes sociais

Para 2016 o Instituto do Câncer estimou 57.960 novos casos de câncer de mama no Brasil. Com números tão assustadores, o autoexame ainda é a melhor maneira de combater esta doença precocemente e, para incentivar este hábito, campanhas impactantes ganham espaço, sobretudo em outubro. Neste mês, o movimento popular internacionalmente conhecido como Outubro Rosa é comemorado em todo o mundo.

O Hospital Aristides Maltez localizado na Bahia em parceria com a Liga Bahiana Contra o Câncer lançaram uma linda e delicada campanha no Facebook. As imagens mostram mulheres mastectomizadas sobreviventes do câncer de mama sem blusa exibindo as cicatrizes deixadas pela doença. A ação digital destaca sobre a importância das mulheres fazerem o autoexame das mamas.

Intitulada “Mulheres de peito”, a iniciativa desafia uma das regras mais rígidas das redes sociais, que é a proibição de qualquer imagem de mulheres com seios à mostra, mesmo quando é usada em campanhas de saúde. As fotos publicadas junto à frase “Eu posso mostrar os seios no Facebook” e a hashtag “#mulheresdepeito” inspiram mulheres a serem corajosas diante do câncer de mama e a lutar para combatê-lo.

A assinatura “Autoexame: proibido é não fazer” é o conceito da ação (que faz alusão à proibição dos seios à mostra no Facebook) e o objetivo é que os usuários se engajem na causa e compartilhem as imagens usando a #mulheresdepeito.

Veja:


Image title

Image title

Fonte: Com informações do Hypeness
logomarca do portal meionorte..com