Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Cão jogado por cima de portão de ONG está com a pata ferida

Com a queda, ele machucou o focinho e a pata.

Cão jogado por cima de portão de ONG está com a pata ferida
cão | Reprodução
Compartilhe
Google Whatsapp

O cachorro que foi jogado por cima do portão de uma Organização Não Governamental (ONG) em Itapetininga (SP) está sendo cuidado em um lar transitório no município e recebendo atendimento veterinário na União Internacional Protetora dos Animais (Uipa). De acordo com a veterinária Nádia Campanhol, devido à queda, o animal machucou uma das patas e o focinho. Porém, está bem e sendo medicado com anti-inflamatórios e antibióticos.

"Ele já estava com dificuldades urinárias quando chegou e um pouco assustado. Agora está tomando remédios e deve ter alta em 10 dias. Ele está na casa de um voluntário, uma casa transitória. Mas está sendo  trazido à Uipa duas vezes por dia para ser medicado", explica.

Segundo a gerente da ONG, Ellen de Barros, o cão é dócil e os funcionários já o batizaram de Guareí, pois é a cidade em que fica o sítio administrado pelo suspeito de arremessar o animal. “Desde que ele chegou a gente foi falando o ‘cão de Guareí’, o ‘cão de Guareí’, aí foi só diminuir o nome dele. Agora todos chamam ele de Guareí. Ele é bem dócil", conta.

A intenção da entidade, que cuida de aproximadamente 300 animais, entre cães e cavalos, é que o cachorro fique na ONG após o inquérito policial ser concluído para que ele possa ser adotado.

"Vamos ficar com ele até o fim do processo policial. Depois ele ficará para a adoção junto com os outros cães da entidade. Acredito que o Guareí sirva de exemplo para as outras pessoas que planejam abandonar animais na ONG. Isso porque a repercussão foi tanta que a pessoa pode pensar duas vezes antes de cometer tal ato. Só espero que haja uma pena para o homem, não apenas um ‘processinho’, porque se não der ‘em nada’ ninguém terá medo de abandonar os animais”, completa Ellen.



Tópicos
Compartilhe
Google Whatsapp
Carregar os comentários (0)

comentários

fechar comentários
Nenhum comentário feito até o momento

veja também

Recomendamos

Localização

Definir a localização padrão

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Fique por dentro

Receba notícias quentinhas diretamente no seu whatsapp

Continuar

Falta pouco, agora escolha as categorias que deseja receber notícias

Aperte (ctrl + clique) para selecionar vários
Pronto!

Agora você passará a receber novidades diretamente no seu whatsapp.

Termos de uso

Texto

Política de privacidade

Texto