Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Casa da Cultura completa 25 anos

Um prédio construído há mais de um século, no centro de Teresina, abriga a casa das atividades artísticas, reunindo história, cultura e arte teresinense.

Compartilhe
Google Whatsapp

Ontem (12), foi celebrado o Dia Nacional das Artes, uma data que lembra as atividades artísticas de diversas áreas, como o teatro,  cinema, literatura, pintura, música, entre outras diversidades. E também é um dia que a Casa da Cultura, mantida pela Prefeitura de Teresina, por meio da Fundação Monsenhor Chaves, completa 25 anos de preciosas contribuições para o Estado. Esse local, de orgulho piauiense, exala uma grandiosidade cultural por meio de um acervo museológico, ricas bibliografias arquivistas, cursos, oficinas de arte e demais atividades culturais.

Crédito: José Alves Filho

A cada passo no casarão, uma descoberta, um novo olhar, uma enriquecedora experiência com a história do Piauí. “A Casa da Cultura, hoje, tem um papel muito importante no cenário cultural piauiense, porque, de certa forma, as coisas acontecem aqui no centro, culturalmente aqui nesse local”, disse Gabriel Archanjo, artista e atualmente coordenador de literatura e editoração da Fundação Monsenhor Chaves, enquanto apresenta a casa. 

Mas a preservação desse bem, embora tão grandioso, não tem, de fato, um investimento  há algum tempo. É possível notar a carência de uma reforma, de um cuidado, a valorização pelo que há dentro e fora da Casa da Cultura. 


“Hoje, com 25 anos, seria muito louvável que os nossos dirigentes tivessem um olhar mais sensível para com o nosso patrimônio. Estamos esperando acontecer a reforma dessa casa e, mesmo assim, não paramos, continuamos fazendo as atividades”, disse. 

Crédito: José Alves Filho

Gabriel Archanjo é uma presente personalidade artística de Teresina. Seus quadros e esculturas estão presentes em galerias de arte da capital, e ele ressalta a crença  no papel da Casa da Cultura como um lugar de formação para os novos artistas conterrâneos

“Lembro muito bem que há bastante tempo esse local já era visto como um grande seio cultural do Centro de Teresina e com o passar do tempo continua sendo”, falou.

A diretora Josy Brito é a grande responsável por manter os serviços culturais no casarão. “Nosso objetivo é trazer a história como uma perspectiva de preservação do nosso patrimônio. A Casa tem essa importância, é um espaço de memória e história”, disse. 

Gabriel Archanjo define o local como “mágico” e até mesmo “fantasmagórico”, devido a carga histórica que ele carrega. E esse potencial atmosférico atrai muitos visitantes. “Escolas, turistas e teresinenses que não moram mais aqui são os que mais aparecem. E as pessoas que mais admiram esse local, são os humildes, por ter mais vínculo com a história que esse lugar representa”, contou. 

Em comemoração aos 25 anos, a Casa da Cultura ofereceu um workshop com o professor, poeta, escritor, Paulo Machado, e apresentação do grupo Flauta Doce Orquestra com entrada gratuita. 


 Crédito: José Alves Filho

Um lugar de história

No dia 12 de agosto de 1994, foi inaugurada a Casa da Cultura de Teresina,  comportada em uma das edificações mais bonitas da capital, localizada no centro de Teresina. Com uma arquitetura encantadora de dentro para fora, local abriga a  arte, cultura e história de Teresina. O prédio foi construído entre 1870 e 1880, pelo Sr. João do Rego Monteiro, o Barão de Gurgueia (1809-1897) e funcionava como a residência da sua família. Além disso, segundo historiadores, a Casa serviu também como quartel e enfermaria. 

Crédito: José Alves Filho

Mas isso é somente a introdução das modificações que esse patrimônio passou. Serviu como local de Seminário, passou pelas mãos da Diocese de Teresina, foi fechado e transformado em residência episcopal, virou um anexo de uma moradia e um colégio. Somente no ano de 1986, foi tombado pelo Departamento do Patrimônio Histórico, Artístico e Cultural do Piauí, e após reformas e negociações foi inaugurado um abrigo cultural chamado Casa da Cultura. (A.S.)


Tópicos
Compartilhe
Google Whatsapp

veja também

Localização

Definir a localização padrão

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Fique por dentro

Receba notícias quentinhas diretamente no seu whatsapp

Continuar

Falta pouco, agora escolha as categorias que deseja receber notícias

Aperte (ctrl + clique) para selecionar vários
Pronto!

Agora você passará a receber novidades diretamente no seu whatsapp.

Termos de uso

Texto

Política de privacidade

Texto

×