Escola Casa Meio Norte recebe premiação internacional da Unesco

Premiação envolve 10.000 escolas de 181 países

A Escola Municipal Casa Meio Norte recebeu a certificação da Unesco através do Programa das Escolas Associadas (PEA). O encontro Nacional iniciou na quinta-feira (27) e segue até a sexta (29), em Foz de Iguaçu, envolvendo 10.000 escolas de 181 países, sendo 364 escolas só no Brasil, com a temática voltada para a construção da cultura da paz, promovendo a educação para o desenvolvimento sustentável e formando gerações conscientes de seu papel como protagonistas de uma cidadania global. 

A escola municipal teve seu projeto aprovado e integrará um dos maiores programas de intercâmbio entre escolas do planeta. O programa visa estimular projetos ligados a um tema central cuja temática é proposta pela Unesco. 

Este reconhecimento caracteriza-se como um laboratório de ideias que promove novas abordagens de ensino e aprendizagem baseadas nos valores e prioridades da Unesco, e assim, tornar-se referência em sua comunidade no que se refere à aprendizagem colaborativa. 

 (Crédito: Reprodução)
Premiação aconteceu em evento na cidade de Foz do Iguaçu (Crédito: Reprodução)

Para Ruthineia Lima, diretora pedagógica da Escola Municipal Casa Meio Norte, receber o Selo da Unesco significa que aumenta a responsabilidade da escola sobre a sua função social educativa. 

“A responsabilidade agora em relação ao trabalho que vem sendo desenvolvido na Escola Municipal Casa Meio Norte é bem maior. Trabalhamos com os princípios da sustentabilidade e da respeitabilidade de saber ser, saber conhecer e saber conviver. Esse Selo irá nos dar uma responsabilidade e um olhar diferenciado, e mais reflexivo e desenhador da prática pedagógica”, disse Ruthineia. 

A diretora acrescenta que o Selo concede um reconhecimento pelos projetos desenvolvidos na escola.

“Esse reconhecimento  nos diz que estamos no meio do caminho e precisamos cada vez mais alinhar as nossas praticas pedagógicas. Desejamos que cada escola possa ter esse reconhecimento, mais para isso é necessário que cada escola esteja engajada, tendo um olhar mais emotivo e pesquisador sobre o desenvolvimento da pratica pedagógica para fazer cada vez melhor”, destacou Ruthineia. 

A Secretaria Municipal de Educação (Semec) também esteve presente na solenidade de certificação que reconheceu internacionalmente as escolas municipais pelo trabalho que realizam.


 (Crédito: Rhaisa Morais)
(Crédito: Rhaisa Morais)


Fonte: Portal Meio Norte
logomarca do portal meionorte..com