Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

Casal é preso em MG suspeito de estuprar os próprios filhos

O casal e um vizinho foram encaminhados ao sistema prisional, onde permanecerão à disposição da Justiça.

Três pessoas foram presas hoje em Iguatama (MG), cidade localizada a 236 Km de Belo Horizonte, suspeitas de estuprarem individual e coletivamente três crianças. O homem de 60 anos e a mulher de 30 eram pais das vítimas. Um vizinho de 67 anos também participava do crime.

De acordo com a delegada responsável pelo caso, Cláudia Cipullo, as investigações começaram depois de uma denúncia sobre os abusos sofridos pelas crianças.

Ela conta que os irmãos foram ouvidos, mas não souberam detalhar quando começaram a sofrer as agressões. No inquérito ficou apurado que a violência acontecia até de forma coletiva. Os suspeitos, no entanto, negaram o crime durante os depoimentos.

Investigações vão continuar para apurar envolvimento de outras pessoas no caso - Foto: PCMG / divulgação Investigações vão continuar para apurar envolvimento de outras pessoas no caso - Foto: PCMG / divulgação 

Apesar da negativa, a delegada representou pela prisão temporária do trio pelo crime de estupro de vulnerável, previsto no art. 217-A do Código Penal.

A Polícia Civil descobriu ainda que o pai das vítimas possuía um mandado de prisão em aberto, no estado de Goiás, por crime de homicídio qualificado.

Os três suspeitos foram encaminhados ao sistema prisional, onde permanecerão à disposição da Justiça. A polícia suspeita que outras pessoas estejam envolvidas no crime, por isso, dará continuidade às investigações.


Tópicos

comentários

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Desbloquear Notificações

Como desbloquear notificações

Na barra de endereço, clique no cadeado e em Notificações escolha a opção permitir, como na imagem abaixo

desbloqueio de notificação push
<