Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Ceará tem 3 casos suspeitos de doença da urina preta, diz governo

Os pacientes apresentaram os sintomas mais frequentes.

Ceará tem 3 casos suspeitos de  doença da urina preta, diz governo
virus | Reprodução
Compartilhe
Google Whatsapp

A Secretaria da Saúde do Estado do Ceará informou nesta quinta-feira (12) que suspeita de três casos da "doença da urina preta". As notificações ocorreram até o dia 10 de janeiro.

De acordo com a nota técnica, os casos estão devidamente em investigação pela equipe da secretaria estadual e também pela secretaria municipal de Fortaleza. Foram coletadas amostras dos pacientes para diagnóstico laboratorial, que ainda estão sob análise.

Os pacientes apresentaram os sintomas mais frequentes, observados nos casos da Bahia desde meados de dezembro: dores musculares principalmente na região cervical, membros inferiores e superiores, urina com uma cor diferente e alteração nas funções dos rins.

A doença, ainda sem uma causa confirmada pelos pesquisadores e órgãos de saúde, contabiliza 52 casos na Região Metropolitana de Salvador. Se os casos forem confirmados no Ceará, serão os primeiros fora da Bahia. É necessário investigar se os registros dos estados têm relação entre si.

Investigação e amostras

Amostras de fezes de nove pacientes da Bahia foram encaminhadas para o Instituto Oswaldo Cruz (IOC/Fiocruz), no Rio de Janeiro. O órgão é referência na análise de amostras para identificar novas doenças. As análises estão em andamento, mas o instituto pediu mais amostras de soro e de urina para continuar a investigação. Não há um prazo para a entrega do laudo.

De acordo com a Secretaria de Estado da Saúde da Bahia, 44 pacientes tiveram resultado negativo para infecção bacteriana.

Há, ainda, a suspeita de que peixes consumidos na região tenham causado intoxicação. Por isso, amostras consumidas por pessoas acometidas pela doença foram encaminhadas para o Instituto Adolfo Lutz, em São Paulo, e para um laboratório dos Estados Unidos.


Tópicos
Compartilhe
Google Whatsapp
Carregar os comentários (0)

comentários

fechar comentários
Nenhum comentário feito até o momento

veja também

Recomendamos

Localização

Definir a localização padrão

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Fique por dentro

Receba notícias quentinhas diretamente no seu whatsapp

Continuar

Falta pouco, agora escolha as categorias que deseja receber notícias

Aperte (ctrl + clique) para selecionar vários
Pronto!

Agora você passará a receber novidades diretamente no seu whatsapp.

Termos de uso

Texto

Política de privacidade

Texto