Ceir orienta sobre cuidados de crianças com paralisia cerebral

I Simpósio Piauiense de Paralisia Cerebral reúne profissionais

O cuidado de uma criança especial exige alguns conhecimentos básicos. Neste sábado (20), um grupo de pais e cuidadores de crianças com paralisia cerebral recebeu orientações e treinamento do Centro Integrado de Reabilitação (Ceir).

A Mariana Cruz, que tem apenas 9 meses de vida, está aguardando pelo tratamento da instituição, mas a sua mãe, Silmara Ferreira, aproveitou a oportunidade. “Eu tenho outro filho, de 2 anos, e percebo diferenças entre ele e a Mariana. Ela me exige mais atenção e a cada dia é um desafio. Hoje aprendi muita coisa que eu já tinha dúvidas, mas não sabia como agir”, conta a jovem de 22 anos.

Silmara Ferreira e outras 30 famílias compartilharam suas dificuldades e experiências e receberam orientações de profissionais do Ceir e estudantes voluntários da ação. A acadêmica do oitavo período de terapia ocupacional, Maria Clara Meneses, de 24 anos, relata a experiência. “Foi uma oportunidade de termos um contato maior com os pais e cuidadores, de tirarmos as suas dúvidas e de aprendermos também”, diz.

No curso teórico-prático, foram abordados temas como os direitos da pessoa com paralisia cerebral e o acesso a eles, além de orientações de uma equipe formada por médicos, fonoaudiólogos, fisioterapeutas e terapeutas ocupacionais.

A ação fez parte da programação do I Simpósio Piauiense de Paralisia Cerebral, evento promovido pelo Ceir que reúne mais de 180 profissionais e acadêmicos da saúde, educação e áreas afins. “Estamos nos especializando para qualificar ainda mais nossos atendimentos e temos como missão aproximar a comunidade científica da sociedade”, finaliza o médico Francisco Alencar, superintendente executivo do Centro.


Image title

Image title

Image title

Image title

Fonte: Com informações do Portal do Governo