Ceir recebe mais de R$ 1milhão em produtos apreendidos pela Receita

Os produtos são expostos a venda em um bazar para toda sociedade

Um novo projeto nasce a partir de uma parceria entre o Centro Integrado de Reabilitação (Ceir) e a Receita Federal do Brasil. O resultado será a ampliação do Ceir e a criação de novos serviços voltados à pessoa com deficiência no Piauí.

“Nós elaboramos um projeto, que chamamos de ‘Leão Amigo’, e apresentamos à Receita Federal. Ele foi aprovado e agora estamos recebendo 100 metros cúbicos em mercadorias apreendidas, avaliadas a em aproximadamente R$ 1 milhão e trezentos mil reais”, explica Aderson Luz, superintendente multiprofissional da Associação Reabilitar, entidade social que administra o Ceir.

Os produtos serão colocados à venda em um bazar aberto para toda a sociedade. O valor arrecadado será destinado para ampliações na estrutura do Ceir, a exemplo das salas de arte e musicoterapia, e para a criação do Centro de Estudos da instituição. A novidade será a implantação da primeira academia do Piauí voltada e adaptada para a pessoa com deficiência. 

Ceir completa 9 anos

Nesta sexta-feira (5), o Centro Integrado de Reabilitação (Ceir) completa nove anos de inauguração e comemorou a data com a presença da secretária de Estado da Educação, Rejane Dias; do secretário para a inclusão da pessoa com deficiência, Mauro Eduardo; do presidente voluntário da Associação Reabilitar, Benjamim Pessoa Vale; entre outras autoridades, pacientes e familiares, colaboradores e voluntários.

Fonte: Portal MN
logomarca do portal meionorte..com