mais
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

Celso Barros Coelho faz 99 anos e recebe homenagem com livro

O livro conta com a contribuição de diversos autores convidados e homenageia a vida e a obra do Professor Celso Barros Coelho.

O Membro Honorário Vitalício da OAB Piauí, Celso Barros Coelho, foi homenageado com o lançamento do livro “Novos Paradigmas na Ordem Privada 2”, em solenidade histórica realizada nesta terça-feira (11), quando comemorou 99 anos idade. 

O livro conta com a contribuição de diversos autores convidados e homenageia a vida e a obra do Professor Celso Barros Coelho, com seus quase cem anos. Um dos organizadores da obra, o Advogado e docente da Faculdade de Direito da Universidade Federal do Piauí (FADI/UFPI), Éfren Paulo Porfírio de Sá Lima, externou a sua alegria e satisfação com a solenidade de lançamento.

Homenageando seu avô, Celso Barros Coelho Neto relembrou a sua trajetória no cenário jurídico do país. “A obra é a materialização de justo reconhecimento ao grande civilista, numa condensação de trabalhos acadêmicos e doutrinários, oportunizando a difusão dos valores e de novas ideias jurídicas. A UFPI sempre foi um celeiro de juristas e, sem dúvidas, tem em Celso Barros Coelho um dos seus maiores produtos e expoentes do século XX e, por que não dizer, deste século também, eis que, no auge dos seus 99 anos de idade, mantém lucidez capaz de extravasar, nos dias de hoje, a sua exuberante cultura forjada na Filosofia, na Literatura e na Ciência do Direito”, parabenizou.

“Foi com surpresa e subida honra que recebi o livro Novos Paradigmas na Ordem Privada 2. Essa é uma obra escrita por 14 Professores que militam no ensino do Direito Privado, em várias universidades brasileiras e estrangeiras. Recebo esta homenagem como reconhecimento do meu trabalho na área do Direito Civil, desde o Ensino na cátedra do Direito Civil, na UFPI, passando pela Universidade de Brasília, onde fui admitido como professor visitante. O Direito Civil assume a primazia entre os demais ramos do Direito, por ser o mais ligado à pessoa humana, na sua individualidade e personalidade. Quero felicitar os autores pela excelência dos seus trabalhos”, agradeceu o homenageado Celso Barros Coelho.

A Diretora da Faculdade de Direito da UFPI e Vice-Presidente da Comissão de Direitos Humanos da OAB Piauí, Olívia Brandão, também parabenizou o homenageado e o lançamento da obra. “O Professor Celso Barros Coelho é um dos maiores juristas do Direito Civil Brasileiro. Além de ter contribuído muito para o ensino jurídico do Piauí, graduou-se por nossa Faculdade de Direito. Portanto, foi Professor e Aluno. Então, é justíssimo homenageá-lo nestes 90 anos da Faculdade de Direito do Piauí. Nosso primeiro homenageado completa 99 anos de vida e de serviços prestados ao ensino jurídico e à sociedade piauiense”, parabenizou.

O evento foi uma realização da UFPI e conta com o apoio da OAB Piauí. Também prestaram homenagem a Membro Honorária Vitalícia da OAB Piauí, Fides Angélica Ommati; a Advogada Maria Heloisa, bisneta do Homenageado; o Conselheiro Seccional Carlos Cronemberger; os colaboradores da obra; acadêmicos de Direito; Advogados e Advogadas.

Celso Barros Coelho completou 99 anos Celso Barros Coelho completou 99 anos 

Trajetória do Celso Barros Coelho

Celso Barros Coelho iniciou seus estudos em 1938, aos 16 anos, no Seminário Menor de Teresina, do qual foi seminarista até 1945. Dali, começou a sua sólida formação, com domínio do latim, grego, francês, italiano e espanhol, além de ser profundo conhecedor da língua portuguesa e da literatura brasileira e universal. Após a conclusão do Seminário, adveio logo convite da Igreja Católica para morar na Itália, o qual teve que recusar, pela impossibilidade de sair do Brasil, naquele período, haja vista ser órfão de pai e, sendo o primogênito, por considerar-se, ao lado de sua mãe, também responsável pelo destino dos irmãos. Permaneceu em Teresina e iniciou a sua brilhante carreira no magistério, no nível primário e secundário, sendo Professor do próprio Seminário Menor de Teresina, Colégio Diocesano, Colégio das Irmãs, Liceu Piauiense, Colégio Demóstenes Avelino e Escola Normal Antonino Freire, com as disciplinas de português, francês, latim e grego.

Graduou-se na UFPI em 1952, aos 30 anos de idade. Acumulou uma exuberante cultura jurídica, demonstrada nas aprovações de concursos públicos para Juiz de Direito, Promotor de Justiça, Auditor e Procurador Federal (cargo em que é aposentado) e de Professor da UFPI, titularizando-se na cátedra de Direito Civil até 1992, quando foi aposentado compulsoriamente pela idade (70 anos). Antes, por alguns anos, foi Professor de Direito Civil convidado da Universidade Nacional de Brasília (UNB).

Advogado há 65 anos, presidiu a OAB Piauí por 11 anos e notabilizou-se como grande criminalista na década de 1960. Ao enveredar para a política partidária, foi Deputado Estadual eleito, com mandato cassado pela Ditadura de 1964, e Deputado Federal por dois mandatos, sendo vice-líder e líder dos partidos aos quais se filiou. Merece destaque, outrossim, o lado intelectual, na imortalidade granjeada na Academia Piauiense de Letras, da qual foi Presidente, sendo o mais longevo acadêmico, e nas suas dezenas de obras jurídicas, filosóficas e de cunho político e social.

Tópicos

comentários

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Desbloquear Notificações

Como desbloquear notificações

Na barra de endereço, clique no cadeado e em Notificações escolha a opção permitir, como na imagem abaixo

desbloqueio de notificação push

Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail