Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

Fiéis lotam Missa de Páscoa da Ressureição do Senhor

A Arquidiocese de Teresina encerrou a programação religiosa da Semana Santa com a Missa da Ressurreição, presidida por Dom Jacinto Brito

Compartilhe

De acordo com os cristãos, todo domingo é um dia pascal, porque simboliza e evoca, no ritmo cristão das semanas, o primeiro dia do mundo novo inaugurado com a Ressurreição de Cristo. O Domingo de Páscoa é, nesse sentido, o paradigma de todos os domingos. Por isso proclama a Liturgia: ?Este é o dia que o Senhor fez! Exultemos e cantemos de alegria!?.

Seguindo esse pensamento sobre o Domingo da Ressurreição do Senhor, a Arquidiocese de Teresina encerrou a programação religiosa da Semana Santa com a Missa da Ressurreição, presidida por Dom Jacinto Brito, arcebispo de Teresina. Das 8h às 9h da manhã, centenas de fiéis compareceram a Catedral de Nossa Senhora das Dores e celebraram, neste domingo (31), segundo a bíblia, a inauguração de um novo tempo.

Para o arcebispo de Teresina, Dom Jacinto Brito, o domingo é o dia dos dias. ?Hoje é a festa da vida. Dia de renovar a fé cristã. Embora muita gente faça hoje a festa do chocolate, nós preservamos a ideia de que, na verdade, o ovo guarda a vida. A igreja elegeu o ovo como símbolo da Páscoa porque ele guarda a vida?, coloca.

Dom Jacinto Brito ressalta ainda que nas celebrações da Arquidiocese este ano, o número de fiéis aumentou consideravelmente. ?Uma parcela de pessoas que não são diretamente atingidas pela evangelização não comparecem às atividades religiosas da Semana Santa e preferem aproveitar esses dias de outras maneiras, mas o que percebemos este ano foi que teve um aumento quantitativo e qualitativo na participação das pessoas nesses momentos?, frisa, ao ressaltar que os próprios fiéis vão conclamando a participação de mais pessoas.

Para a costureira Guilhermina Pereira, acompanhar as celebrações durante esse período já é tradição. ?Acredito que a nossa fé vai além de tudo que acontece ao nosso redor e é preciso entender isso. Hoje, por exemplo, é o dia da ?passagem?.?Passagem? da morte para vida e vem disso o símbolo do ovo de Páscoa, pois o ovo gera vida, novo ser?, comenta.

A Arquidiocese de Teresina teve, em todas as suas paróquias, os atos litúrgicos do período, porém alguns momentos foram realizados em comum para todas as comunidades. A Missa e Bênção dos Santos Óleos a serem usados no Batismo, na Crisma e na Unção dos Enfermos, presidida por Dom Jacinto Brito, arcebispo de Teresina; e a Procissão do Senhor Morto, aconteceram na Catedral Nossa Senhora das Dores (Praça Saraiva).


Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar