Chefe de captura da polícia é assassinada por bandidos no Maranhão

Chefe de captura da Polícia Civil trocou tiros com os acusados.

Na noite de quinta-feira, Iran Cerqueira Santo, de 51 anos de idade, chefe de captura da Polícia Civil, foi assassinada a tiros no momento em que saía da casa de uma vizinha no Residencial Vista ao Mar, situado na região entre o bairro Araçagi e o município de Raposa, em São Luís, no Maranhão. 

De acordo com informações da Polícia Civil, a chefe de captura estava saindo de carro do Residencial quando foi abordada por bandidos em uma moto que teriam pedido informações para ela. Em seguida, começaram a efetuar tiros contra o veículo da vítima que, ao perceber a ação dos criminosos, revidou. Houve intensa troca de tiros. 

Atingida com tiro no peito, Iran Cerqueira foi socorrida e encaminhada para Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do bairro Araçagi, mas não resistiu e morreu. A polícia informou que que dois bandidos morreram e um acabou preso. 

Uma equipe da Delegacia de Homicídios foi acionada e já interrogou quatro suspeitos. Para a polícia, os primeiros indícios apontam para uma suposta emboscada, visto às circunstâncias do crime. 

A motocicleta usada pelos suspeitos foi apreendida. A vítima  estava há 30 anos na polícia do Maranhão.

Iran Cerqueira Santo
Iran Cerqueira Santo
Veículo da policial atingido por vários tiros
Veículo da policial atingido por vários tiros






Fonte: Com informações da Polícia Civil//TV Mirante