Foi realizado na quarta(17), a 9ª Conferência Municipal de Saúde de Esperantina. Uma realização da Secretaria Municipal de Saúde em parceria com o Conselho Municipal de Saúde, no auditório do CEEP Leonardo das Dores.

Houve apresentações culturais com os alunos da Amare, da cidade de Esperantina. Com o tema “Os desafios da saúde de Esperantina no cenário atual e pós-pandemia”, a conferência reuniu trabalhadores de saúde, prestadores de serviço, gestores e usuários do Sistema Único de Saúde

Evento discutiu e elaborou propostas importantes - DivulgaçãoEvento discutiu e elaborou propostas importantes - Divulgação

Políticas públicas

Foi possível discutir e elaborar propostas de políticas públicas de saúde para serem executadas nos próximos quatro anos.

Para o secretário de saúde, Drº Felipe Sampaio, o evento foi muito importante para a gestão, pois as propostas aprovadas pela plenária vai nortear o trabalho dos próximos quatro anos.

A palestra magna da conferência foi ministrada pelo sanitarista Carlos Barros. Os participantes assistiram ainda uma palestra com o psicólogo Wellyson Fortes com o tema: “A saúde mental dos profissionais da saúde em tempos de pandemia”.

Houve apresentações muisicais e artísticas - DivulgaçãoHouve apresentações muisicais e artísticas - Divulgação

Conferência

Durante a conferência houve a distribuição da plenária em grupos para a discussão das propostas que foram elaboradas nas pré-conferências de saúde.

O evento contou com a participação do secretário de saúde, Felipe Sampaio, Procurador do município Santhiago Holanda, diretor do hospital Júlio Hartman, Luis Carlos, vice-prefeito, Sampaio Júnior, presidente do conselho municipal de saúde Ricardo Melo, conselheiros, profissionais da saúde e representantes dos usuários do sistema único de saúde.