Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Comitê elabora estratégias para crianças do Semi-árido

Comitê elabora estratégias para crianças do Semi-árido

Compartilhe

Uma reuni?o marcou, nesta quinta-feira (20), o encerramento das atividades de 2007 do Comit? Gestor Estadual do programa Um Mundo para a Crian?a e o Adolescente do Semi-?rido, do Fundo das Na?es Unidas para a Inf?ncia (Unicef). O grupo se reuniu na Escola Fazend?ria para falar dos resultados positivos e tra?ar as estrat?gias de a?es para o ano de 2008.

Participaram do encontro representantes do Programa Permanente de Conviv?ncia com o Semi-?rido (Casa do Semi-?rido), Programa Fome Zero, Movimento dos Trabalhadores Rurais sem Terra (MST), Instituto de Assist?ncia T?cnica e Extens?o Rural (Emater), Coordenadoria Estadual para Inclus?o da Pessoa com Defici?ncia (Ceid), Articula??o do Semi-?rido Brasileiro (ASA), Coordena??o de Direitos Humanos e Juventude, Conselho Regional de Servi?o Social do Estado do Piau? (Cress), Secretaria Estadual da Sa?de (Sesapi), Secretaria Estadual da Educa??o e Cultura (Seduc) e Minist?rio P?blico. ?Este foi um momento de vermos o que de mais positivo aconteceu este ano, com um comit? que trabalhou forte e unido para que os munic?pios conhecessem e aderissem ao Selo Unicef. Para o pr?ximo ano, queremos mais cidades do nosso semi-?rido premiadas com o Selo?, comentou a coordenadora da Casa do Semi-?rido, L?cia Ara?jo.

O comit? estadual foi criado em fevereiro de 2005 e j? teve v?rias conquistas. Um exemplo ? a ades?o, somente este ano, de pelo menos 140 munic?pios ao Selo Unicef 2008 e a participa??o de todos eles em f?runs realizados em munic?pios-p?los que serviram para mostrar as pol?ticas p?blicas que deveriam ser tomadas pelas cidades para que conquistassem o pr?mio.

De acordo com o coordenador estadual dos Direitos Humanos e da Juventude, Alci Marcus, um trabalho como o do comit? serve tamb?m como forma de mobilizar as cidades para darem maior aten??o ?s suas crian?as e adolescentes no quesito de registros civis. ?Para melhorar a sua vida, elas precisam primeiro existir. O n?mero de casos de crian?as sem registro ? muito grande, porque muitas vezes os pais deixam de registr?-las com medo de que elas nem vivam at? um ano. Isso ? triste e precisa ser mudado?, disse.

Durante a reuni?o, todos os membros que fazem parte do comit? estadual apontaram as metas para 2008, como a amplia??o da participa??o dos munic?pios no Selo. ?? nosso papel, de uma forma geral, articular com todos os parceiros, al?m de mobilizar o poder p?blico e a sociedade civil, para que criem mecanismos adequados para o crescimento e desenvolvimento das crian?as e adolescentes. Trabalharemos mais fortes ainda no sentido de que eles sejam premiados pelo Selo Unicef, que ? uma certifica??o de que conseguiram chegar a esse grau de excel?ncia no trabalho com essas crian?as e jovens?, complementou L?cia Ara?jo.


Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar