Prova do concurso da PM será reaplicada dia 9 de julho

A mudança se deu por conta de um choque de datas.

Na manhã desta quarta-feira (24/05), o reitor da Universidade Estadual do Piauí (Uespi), confirmou que a primeira etapa do concurso da Polícia Militar do Piauí, que foi anulado por fraude, ocorrerá no dia 09 de julho.

Durante uma coletiva realizada nesta terça-feira, foi anunciado para o dia 02 de julho a nova data do Certame. No entanto, a data foi alterada já que ela coincide com a da prova do concurso do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

O comandante geral da Polícia Militar no Piauí, coronel Carlos Augusto, informou que o Núcleo de Concursos e Promoção de Eventos (Nucepe) vai contratar uma empresa para a elaboração e impressão das novas provas do concurso da PM. “O Nucepe não será mais responsável pela elaboração das provas, e essa decisão nós tomamos mediante autorização do governador Wellington Dias, que está preocupado em dar maior transparência para toda a sociedade piauiense nesse momento. O próprio Nucepe optou por se preservar, porque não temos a autoria definida sobre quem vazou essas questões”, afirmou o coronel Carlos Augusto.


O governador Wellington Dias (PT) autorizou a contratação de uma nova empresa para a realização e reaplicação das provas objetivas do concurso público para o posto de soldado da Polícia Militar (PM), realizadas no domingo pelo Núcleo de Concursos e Eventos (Nucepe) da Universidade Estadual do Piauí (Uespi), que foram canceladas após a prisão de 12 pessoas acusadas de envolvimento em fraudes e vazamento da prova de Português.

O secretário estadual de Segurança Pública, Fábio Abreu, afirmou que o governador Wellington Dias atendeu a sugestão dele e do comandante da Polícia Militar, coronel Carlos Alberto. Ele afirmou que há indícios de que o vazamento das provas do certame ocorreram na origem da elaboração e aplicação, que é o Nucepe. "Não é que o Nucepe não tenha idoneidade, mas precisamos de uma empresa diferente e com experiência nacional para a reaplicação da prova", declarou Fábio Abreu

Fonte: Portal MN
logomarca do portal meionorte..com