Confira dicas para evitar brigas nas festas de Natal e Ano Novo

Psicólogas indicam quais situações devem ser evitadas.

Para que todos terminem 2017 em clima de paz e amor precisamos de dicas para evitar brigas durante as festas de fim de ano com família e amigos. As psicólogas Naiara O. Mariotto, especialista em equilíbrio emocional e relacionamentos, e Ellen Moraes Senra, que foca em terapia cognitiva-comportamental, ajudaram a gente nesse guia. 

1 - Política: deixa pra 2018

No ano que vem teremos eleições no Brasil e a gente precisa de informação para votar com consciência. Mas estamos há alguns anos nesse clima tenso de discussões políticas, já brigamos com amigos e parentes nas redes sociais e as pessoas estão cansadas. As discussões são importantes e podem ser produtivas, mas a troca de opiniões diferentes sobre o tema fica frequentemente muito... "acalorada". Dificilmente pensamentos mudam em um papo rápido, quando o clima é de "quem vai ganhar a discussão?". E quantas vezes não vimos essa história terminar em ofensas entre garfadas de peru e farofa? Isso pode azedar a festa.

“Os nossos pensamentos são formados a partir dos nossos valores e das nossas crenças. Aquilo que vem ensinado pelos nossos pais e as nossas experiências de vida formam nossos pensamentos. Como a questão de opinião está ligada às crenças e vivências de cada um, o ideal é que você não tente mudar a outra pessoa, porque você não vai conseguir. Os pensamentos das pessoas só mudam com as experiências delas”, explica Naiara O. Mariotto.

2 - Beba com moderação

Em várias casas brasileiras, bebida alcoólica faz parte das festas de fim de ano. Pode favorecer um ambiente de risadas e também mais relaxado. Mas pode dar ruim. Se o clima entre você e algum parente não anda bom, é importante evitar os excessos. "Depois que o álcool sobe, as inibições baixam e você pode gerar situações constrangedoras", lembra Ellen Moraes Senra.


3 - E as namoradinhas?

A gente até gosta de falar da vida nas redes sociais, mas não é todo assunto que queremos conversar com o tio-avô do primo de 2º grau. Quem dá a dica para fugir de perguntas desconfortáveis é Ellen Moraes Senra: “Tente responder uma pergunta com outra pergunta. Se a pessoa for daquelas que não se importa em falar da própria vida, ela vai passar um bom tempo falando dela. Aí depende de você ter um pouco de paciência. Se a pessoa for daquele tipo que não gosta de falar da vida, ela vai entender o recado, porque vai se incomodar com as suas perguntas”.

4 - Abaixa o som!

Sua tia quer ouvir o especial do Rei, você quer sarrar com seus primos ouvindo Pabllo Vittar e a sua avó quer ouvir o CD do padre Fábio de Melo. Isso é confusão na certa! Como o dono da casa é quem manda, a playlist fica, a princípio, por conta dele. Não fique bravo com isso. Se a música não te agradar, puxe um papo com o anfitrião, peça para te atualizar sobre os últimos acontecimentos da vida ou vá para um canto mais tranquilo. De repente, você pode ser escalado para as carrapetas, mas se lembre que a noite é de agradar a pista.

5 - Esteja presente

Já que a gente se arruma para ficar na sala, então aproveite o evento. E faça isso antes que alguém brigue com você por não sair do WhatsApp! “O celular ajuda muito, mas ainda não supera o prazer do contato com as pessoas”, diz Naiara. Converse com as pessoas, abrace a avó, brinque com os primos mais novos, escute sobre o emprego novo do tio, organize brincadeiras, sirva a mesa, faça fotos da família... O Facebook vai continuar lá amanhã!

6 - Presentão ou lembrancinha

Você chega na festa da família levando só o presente do amigo secreto e descobre que todo mundo levou lembrancinha. Ou compra um presentão para o seu irmão e ganha um chaveiro. “O maior problema nesses casos são as expectativas. Quando aquele desejo não é realizado, vem a frustração. Nesses casos, o ideal é trabalhar a sua expectativa. Separar o seu desejo da realidade”, sugere Naiara. Se o clima na sua família costuma ficar estranho nessas situações, esclareça antes da festa como vai ser a troca de presentes. Assim todo mundo vai preparado e ninguém fica triste ao ganhar uma meia.

Fonte: Com informações do G1
logomarca do portal meionorte..com