Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Coren-PI realizou mais de 250 inspeções em unidades de saúde do Piauí

65 municípios foram inspecionados, entre eles Teresina, Parnaíba, Picos, Floriano, São Raimundo Nonato, Oeiras, Bom Jesus, Piripiri e Campo Maior.

Compartilhe

Desde a segunda quinzena do mês de março, o Conselho Regional de Enfermagem do Piauí (Coren-PI) vem reunindo esforços para combater o novo coronavírus e conter a contaminação entre os profissionais de Enfermagem piauienses em atuação nos serviços de saúde.

Equipes de fiscalização do Conselho já realizaram mais de 250 inspeções in loco e remotas em mais de 65 municípios. Entre eles: Teresina, Parnaíba, Picos, Floriano, São Raimundo Nonato, Oeiras, Bom Jesus, Piripiri e Campo Maior.

Durante as fiscalizações, os representantes do Coren-PI checam o fornecimento de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) em quantidade suficiente e qualidade para o profissionais de Enfermagem, chamam a atenção para definição do fluxo de atendimento exclusivo de pacientes com suspeita ou contaminados com a Covid-19, além de cobrar a presença de Plano de Contingência e a capacitação dos profissionais para atuar na linha de frente do combate da pandemia com segurança.

“Em meio à atual pandemia que enfrentamos, intensificamos nossas fiscalizações com foco nas instituições de saúde referência no atendimento a casos suspeitos ou confirmados de Covid-19. Estamos atuando ativamente para garantir a segurança dos profissionais e condições dignas de trabalho”, afirma a presidente do Coren-PI Tatiana Melo.

O Coren-PI também denunciou aos órgãos de fiscalização, como Ministério Público do Estado e Ministério Público do Trabalho, irregularidades encontradas na assistência de enfermagem em hospitais, para garantir a efetiva adequação na estrutura física, organização e funcionamento destas unidades de saúde. O Conselho também vem cobrando dos municípios o pagamento do adicional de insalubridade no percentual de 40% aos profissionais de enfermagem que atuam no enfrentamento à Covid-19.

Além disso, mais de 800 atendimentos foram realizados por telefone e e-mail, oferecendo suporte aos profissionais de Enfermagem que buscaram tirar dúvidas ou solucionar problemas.


Tópicos
Compartilhe

veja também

Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar