Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Corregedor quer ir a Alagoas para ouvir testemunhas no caso Renan

Corregedor quer ir a Alagoas para ouvir testemunhas no caso Renan

Corregedor quer ir a Alagoas para ouvir testemunhas no caso Renan
Corregedor quer ir a Alagoas para ouvir testemunhas no caso Renan | Divulgação
Compartilhe

O corregedor do Senado, Romeu Tuma (DEM-SP), vai sugerir ao Conselho de ?tica da Casa a cria??o de uma comiss?o para ouvir testemunhas do terceiro processo contra o senador Renan Calheiros (PMDB-AL) em Macei?, Alagoas. Tuma acredita que, somente com o testemunho de envolvidos no suposto uso de laranjas para a compra de um grupo de comunica??o em Alagoas, o conselho poder? avan?ar no terceiro processo contra Renan.

O corregedor disse que o usineiro Jo?o Lyra, ex-aliado de Renan, ? pe?a fundamental para que o caso seja investigado. Lyra afirma que comprou um grupo de comunica??o em sociedade de Renan com o uso de laranjas na opera??o, entre eles o empres?rio Tito Uch?a.

Tuma defende que a comiss?o do Conselho de ?tica ou?a os depoimento de Uchoa e Lyra, assim como do empres?rio Naz?rio Pimentel que teria vendido as empresas para o senador ao lado do empres?rio Luiz Carlos Barreto.

O corregedor chegou a ouvir Lyra e Barreto em depoimentos colhidos em Alagoas, em uma das dilig?ncias do senador durante as investiga?es da corregedoria sobre as den?ncias.

Barreto foi diretor-executivo do jornal adquirido supostamente pelo usineiro e por Renan. Depois de ouvir o depoimento de Barreto, Tuma afirmou que a situa??o de Renan estava "mais delicada".

Segundo Barreto, Renan teve participa??o em sociedade oculta com Uch?a com o uso dos laranjas para a compra do grupo de comunica??o.

"Nada impede que uma comiss?o v? a Macei? para ouvir o depoimento do Lyra e dos outros dois. O Lyra tem medo de vir a Bras?lia, por isso o relator que for escolhido para o caso pode pedir apoio e realizar as investiga?es em Alagoas. Temos que ver as contradi?es para depois fazer as acarea?es", afirmou.


Tópicos
Compartilhe

veja também

Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar