Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

Corrida contra a Pólio reúne multidão em Teresina

Até mesmo crianças participaram do evento

Compartilhe

Uma multidão de teresinenses correram, na manhã de domingo (1),  pela erradicação da poliomielite. A 3° edição da 'Correndo Contra a Pólio', evento realizado pelo Rotary Teresina Cajuína, reuniu 800 atletas de todas as idades, além de crianças amantes do esporte. Os recursos arrecadados serão destinados para o Rotary Internacional, que custeará a compra de vacinas para países onde a pólio ainda está ativa: Paquistão, Afeganistão e Filipinas.

Os percursos de  6 km, 10 km e a corrida kids de 300 metros foram um atrativo para que famílias inteiras dessem um show de disposição, mesmo em uma manhã de domingo. As provas tiveram largada às 7h, em um shopping da cidade, passando pela Avenida Raul Lopes, Ponte Wall Ferraz, Marechal Castelo Branco e Ponte Juscelino Kubitschek. 

Adrena Photos

O professor Marcelo Eduardo acordou cedo para participar da corrida. Ele participa pela terceira vez do evento e pela primeira vez completou a prova. "É uma sensação indescritível participar de uma corrida como essa, porque vai ajudar na vacinação contra a polio, pela primeira vez fiz 6 Km", comemorou.

Para a pequena Maria Eduarda, 8 anos, que participou da maratona infantil, a solidariedade é que dita o ritmo da corrida. "Gostei da corrida porque vai ajudar crianças. Foi cansativo mais terminei a prova", disse.

Adrena Photos

Os corredores, além de beneficiar a causa nobre, também receberam troféu e prêmios. A nutricionista Denize Lopes foi um dos destaques e venceu a prova mais longa, 10 quilômetros, na categoria geral feminina. "Essa foi minha primeira corrida e não esperava que fosse ganhar, isso mostra que a preparação com treino e dieta fez com que eu conseguisse", afirma. Denise venceu com o tempo de 54 minutos e 25 segundos. "O fator determinante é ter resistência ao sol de Teresina", mensura.

Adrena Photos

Sucesso de público, a 3° edição da 'Correndo contra Pólio' entra definitivamente para o calendário esportivo da capital. O presidente do Rotary Cajuína Teresina, Alex Ludwig, avalia a corrida como gratificante. "O Rotary no mundo tem o trabalho de erradicação da poliomielite. Essa corrida é diferenciada porque as pessoas fazem um investimento - tanto corredores quanto apoiadores - e os recursos são voltados para a erradicação da polio com a compra de vacinas e é muito importante que essa doença não volte. A cada ano estamos mais encantados, na 1° edição tivemos mais de 400 inscritos, na 2° mais de 600 e agora na 3° edição mais de 800 participantes e realmente isso nos deixa emocionados e felizes em poder colaborar com a sociedade", destacou.

Recursos

O Rotary Club é uma organização sem fins lucrativos que desde 1980 o clube participa da campanha mundial de erradicação da pólio, reduzindo em 99% dos casos mundiais. Todos os recursos são destinados a Fundação Rotary Internacional que efetiva a logística da compra e distribuição da vacinas para combate da doença, que também é conhecida como paralisia infantil, e afeta principalmente crianças menores de cinco anos de idade. O presidente rotariano suscitou que a organização sem fins lucrativos realiza muitos trabalhos voluntários. " Ano que vem estaremos de volta com a corrida que combate a polio no mundo, inclusive porque essa competição está entre as dez melhores do Norte-Nordeste", finalizou Alex Ludwig.



Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar