mais
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

Criança de 4 anos morre após ser picada por escorpião no DF

Incidente aconteceu na noite de quarta-feira (20)

Criança de 4 anos morre após ser picada por escorpião no DF
Tipo de escorpião que picou a criança | Reprodução

Uma criança de 4 anos morreu na manhã desta quinta-feira (21/7) após ser picada por um escorpião. O incidente aconteceu nesta quarta-feira (20/7), em Planaltina, no Distrito Federal. Os pais da criança a levaram para o Hospital Regional da cidade por volta das 20h. De madrugada, cerca de oito horas depois, funcionários pediram que ela fosse transferida para o Hospital de Base do Distrito Federal.

O pedido não foi atendido. Pela manhã, o paciente piorou e profissionais Hospital Regional de Planaltina pediram o auxílio de um helicóptero do Corpo de Bombeiros. Por volta das 7h30, quando a aeronave chegou à unidade de saúde, no entanto, a vítima já havia morrido. A Secretaria de Saúde está apurando o caso. A morte foi registrada na 16ª Delegacia de Polícia, responsável pela região.

O escorpião amarelo (Tityus serrulatus), que pertence à classe dos aracnídeos e é uma das 140 espécies encontradas no Brasil. Ele é considerado o mais venenoso da América do Sul e o de maior incidência no DF. Seu veneno é neurotóxico, ou seja, age no sistema nervoso periférico. Pode ser letal, dependendo da quantidade de veneno injetada e das condições físicas da vítima, principalmente crianças e idosos.


Tipo de escorpião que picou a criança (Crédito: Reprodução)
Tipo de escorpião que picou a criança (Crédito: Reprodução)


Tópicos

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Desbloquear Notificações

Como desbloquear notificações

Na barra de endereço, clique no cadeado e em Notificações escolha a opção permitir, como na imagem abaixo

desbloqueio de notificação push

Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail