Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Defesa Civil monitora os municípios do Médio Parnaíba

Os dirigentes dos municípios localizados nas margens do Parnaíba e dos seus afluentes, de Floriano até Ilha Grande, foram chamados para reunião para definição de ações preventivas

Compartilhe

As chuvas já alertam para os riscos de alagamentos no estado do Piauí. Com isso, já foi marcada uma reunião na quarta-feira (29), no comando do Corpo de Bombeiros, com a participação da Defesa Civil Estadual, Corpo de Bombeiros Militar do Piauí e do Serviço de Meteorologia da Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semar).

Os dirigentes dos municípios localizados nas margens do Parnaíba, de Floriano até Ilha Grande de Santa Isabel, e também dos afluentes foram chamados. As cidades têm uma maior probabilidade de enchentes com desabrigados, tendo em vista o histórico das ocorrências.

“A reunião preventiva tem o intuito de orientar como os gestores dos municípios devem agir em relação a essa possibilidade, principalmente locais que já foram afetados”, disse Geraldo Magela, secretário da Defesa Civil do Estado.

Foram convidados os municípios como Floriano, Teresina, Madeiro, Barras, Esperantina, Campo Maior, Joaquim Pires e todas as cidades localizados à margem do Parnaíba.

“A capital tem uma situação na região Norte do município, perto da foz do Poti e do Parnaíba, que evidentemente pode acontecer alagamento", falou Magela. 

De acordo com o secretário, cada município vai ter um local pronto para, se necessário, ser ocupado pela tropa do Corpo de Bombeiros, outro espaço para um comando de operações e um terceiro para possíveis desabrigados. Além disso, os municípios devem ter equipes prontas de assistentes sociais para realizar o cadastramento das pessoas diretamente afetadas.

Crédito: José Alves Filhos

‘‘É uma ação orientada pelo governador Wellington Dias (PT) e não quer dizer que vá acontecer. Mas estamos nos antecipando para, se caso ocorra, a gente tenha uma ação mais rápida para atender a população”, declara.

Geraldo explica a periodicidade da ocorrência de alagamentos por essas regiões. “Todo o Piauí, exceto Cajueiro da Praia, faz parte da Bacia Hidrográfica do Parnaíba, e com isso, todas as águas do estado correm para o rio Parnaíba”, disse.


Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar