Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente será inaugurada nesta quinta

A unidade policial vai atender a demanda do estado

O governador do Piauí Wellington Dias e o secretário de segurança, Fábio Abreu, inauguraram nesta quinta-feira (10), a Delegacia Especializada de Proteção ao Meio Ambiente que vai atuar na apuração de crimes ambientais e atuar na repressão de atos e condutas lesivas ao meio ambiente ocorridos no estado. Com a mudança a nova delegacia vai investigar os inquéritos instaurados pela Delegacia do Silêncio, que será extinta. 

De acordo com a coordenadora da unidade, delegada Bruna Fontenele, as atividades de polícia judiciária que serão desenvolvidas vão atender as necessidades previstas na lei 9605/98, tornando mais efetiva a criminalização das condutas nocivas ao meio ambiente.

“A delegacia é de suma importância e vai atender uma expectativa mundial que é a proteção ao meio ambiente. Serão objetos de investigação desta delegacia especializada crimes contra os animais, a flora, poluição, crimes contra o patrimônio histórico, dentre outros”, disse a delegada.

A delegacia vai funcionar no horário de expediente e atender todas as denúncias de Teresina e cidades metropolitanas, além de acompanhar os casos no interior do Estado. “A delegacia tem uma ótima localização com fácil acesso a população. As pessoas podem fazer denúncia por telefone, em breve estaremos disponibilizando os números e podem ainda registrar a queixa por meio de boletim de ocorrência” completou.

O secretário de segurança, Fábio Abreu, disse que a unidade policial vai atender a demanda do estado que necessita dos bens naturais para o seu desenvolvimento e reforçou o trabalho integrado que deve acontecer junto com outros órgãos de fiscalização.

“Buscamos manter esse compromisso atendendo a demanda da população. A equipe composta por cinco agentes, uma delegada e um escrivão, participou de capacitações no estado do Pará e Mato Grosso do Sul. A delegacia vai funcionar em parceria com Policiamento Ambiental da Polícia Militar, Secretarias do meio ambiente estadual e municipal, Ibama e outros órgãos para facilitar o serviço de fiscalização por parte do poder público”, enfatizou.


Fonte: Com informações da Ascom
logomarca do portal meionorte..com