Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

DER libera tráfego do viaduto da Miguel Rosa após interdição

O diretor do DER afirmou que não corre risco de desabamento.

Compartilhe
Google Whatsapp

Atualizado às 11h50

Após interdição realizada na noite de ontem, o elevado da Miguel Rosa teve seu trafego de veículos liberado no final da manhã desta quarta-feira (15/05). A decisão se deu após avaliação do Departamento de Estradas de Rodagem do Piauí (DER). 

Em entrevista o diretor do DER, afirmou que não existe risco de desabamento. Por conta disso, o tráfego foi liberado mas uma nova interdição será feita durante o período para reparo das rachaduras. 

“Os engenheiros avaliaram e foi liberado, será feito um novo bloqueio no momento das obras de reparo, mas enquanto isso não há risco”, afirmou o Major Veloso, do Corpo de Bombeiros.

Bombeiros interditam elevado da Miguel Rosa após surgimentos de rachaduras

Na noite de terça-feira (14/05), o Corpo de Bombeiros interditou por tempo indeterminado o elevado da Miguel Rosa, a medida se deu após 1 ano e 7 meses da obra ter sido inaugurada. A iniciativa foi tomada após o vídeo do produtor cultural, Chico Luiz, viralizar nas redes sociais, onde mostra avarias na estrutura do viaduto. 

No vídeo, ele afirma que não é engenheiro, mas que é perceptível a que o local precisa de intervenção. “Não sei se isso é normal, mas isso aqui está caindo, está oco, tem vários pedaços de concreto no chão”.

 O diretor do Departamento de Estradas de Rodagem do Piauí (DER), Castro Neto, informou que o elevado não corre risco de desabamento. “Estamos no viaduto com a equipe do DER fazendo a vistoria do local, o que ocorreu foi uma deformação na rampa de acesso da ponte, vindo a aumentar o desnível entre a rampa de acesso e a estrutura da ponte aumentando o impacto embaixo. Nossos engenheiros já detectaram, não tem nenhum problema estrutural da ponte e para tranquilizar a população do nosso estado, o viaduto não corre risco de cair. Vai continuar interditado por enquanto, nós vamos fazer uma reunião com a construtora, com técnicos para fazer um plano de recuperação e não é algo que deve ser demorado. Vamos traçar um plano e a medida que tiver o plano, poderei dizer a duração que o elevado ficará interditado, mas a obra está na sua garantia, no prazo de cinco anos”, declarou.

Major Veloso, do Corpo de Bombeiros, declarou que a ação da equipe foi rápida. “O Corpo de Bombeiros teve uma atuação emergencial no sentido de fazer uma avaliação na velocidade desses danos que estavam acontecendo, essa necessidade foi que determinou a intervenção do Corpo de Bombeiros, até que fosse feita a avaliação do DER, não resta dúvida que existe uma falha, ela é visível a olho nu”, disse. 

Em nota, o Departamento de Estradas de Rodagem do Piauí (DER), informou que a construtora responsável pela obra já está ciente do problema.


Tópicos
Compartilhe
Google Whatsapp

veja também

Recomendamos

Localização

Definir a localização padrão

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Fique por dentro

Receba notícias quentinhas diretamente no seu whatsapp

Continuar

Falta pouco, agora escolha as categorias que deseja receber notícias

Aperte (ctrl + clique) para selecionar vários
Pronto!

Agora você passará a receber novidades diretamente no seu whatsapp.

Termos de uso

Texto

Política de privacidade

Texto

×