O Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1) expediu, nesta terça-feira (21), nova decisão, onde mantém a lista sêxtupla para escolha do novo desembargador do Tribunal Regional do Trabalho (TRT). 

O desembargador Novély Vilanova invalidou a decisão do juiz Brunno Christiano Carvalho, da 5ª Vara Federal Cível, que ordenava a suspensão da validade da lista sêxtupla.

No mês de maio, foi realizada pela OAB a eleição para a escolha de 12 nomes, ficando entre os três mais votados, Sigifroi Moreno, Olívia Brandão e Cinéas Nogueira.

Desembargador do TRF mantém lista sêxtupla da OAB-PI para vaga no TRT - Foto: Reprodução/TRFDesembargador do TRF mantém lista sêxtupla da OAB-PI para vaga no TRT - Foto: Reprodução/TRF

Após isso, ocorreu a eleição junto ao Conselho Pleno da OAB com a escolha da lista sêxtupla. Sigifroi Moreno, o mais votado, ficou de fora da lista que foi encaminhada ao TRT e que vai escolher três nomes.

O advogado Sigifroi Moreno, ajuizou ação sob a alegação de que o jurista Téssio da Silva Torres não poderia ser incluído na lista, já que teria sido nomeado para compor a Comissão de Relação com o Poder Judiciário da OAB/PI. 

Na decisão desta terça, o desembargador afirma que a inclusão de Téssio como membro da comissão não constitui nulidade em sua escolha na lista sêxtupla da OAB.