Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

DHPP investiga operação da PM que matou dois homens em Teresina

O inquérito foi aberto após a Polícia Civil apreender dois adolescentes de 16 e 17 anos na tarde de terça-feira (25/08) e eles confessarem a autoria do latrocínio que vitimou o PM Lídio Mesquita no dia 22 de julho, no bairro Vila São Francisco, na capital.

Compartilhe

A Operação da Força-Tarefa da Polícia Militar que resultou na morte de dois suspeitos de matar o PM Lídio Mesquita, durante um confronto policial no dia 24 de julho, no bairro Santa Maria da Codipi, na zona Norte de Teresina, está sendo investigada pelo Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa- DHPP para verificar se não houve excessos na ação policial.

O inquérito foi aberto após a Polícia Civil apreender dois adolescentes de 16 e 17 anos na tarde de terça-feira (25/08) e eles confessarem a autoria do latrocínio que vitimou o PM Lídio Mesquita no dia 22 de julho, no bairro Vila São Francisco, na capital. A prisão da dupla foi realizada em regiões distintas, o adolescente de 16 anos foi apreendido no bairro Buenos Aires, na zona norte de Teresina e o outro de 17 anos no bairro Cidade Nova, no município de Timon, no Maranhão.

Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa - DHPP

Em nota a Polícia Militar do Piauí informou que os suspeitos identificados pelas iniciais, P.L.S.S e L.R.S.P, foram mortos ao resistirem às prisões e que o caso está sendo devidamente apurado pelo DHPP. 

Os dois suspeitos mortos durante confronto com a PM no dia 24 de julho - Foto: Divulgação

Confira a nota da PM na íntegra

A Polícia Militar do Estado do Estado do Piauí informa que no tocante às diligências sobre o homicídio do CB PM Lídio Mesquita, ocorrido no dia 22 de julho de 2020, em que culminou no óbito dos nacionais P. L. S. S. e L. R. S. P, ao resistirem às prisões perante as forças policiais, estão sendo devidamente apurados pelo Departamento de Homicídios e de Proteção à Pessoa ( DHPP), e que o Inquérito Policial Militar foi  instaurado através da corregedoria geral da PMPI. 

Teresina, 26 de agosto  de 2020.

ELZA Rodrigues Ferreira - Ten Cel PM Diretora de Comunicação Social da PMPI

Entenda o caso

O soldado Lídio Roberto de Sousa Mesquita, do 13° Batalhão da Polícia Militar do Piauí foi morto a tiros durante um assalto na Rua Londrina, Vila São Francisco, na Zona Norte de Teresina. Os suspeitos levaram a motocicleta da vítima.

PM Lídio Mesquita

Leia Mais: Polícia prende suspeitos de acobertarem assassinos do PM Lídio 

O policial foi abordado próximo a um bar por dois criminosos. As imagens de uma câmera de segurança mostraram que Lídio estava passando pela rua na motocicleta quando foi parado pela dupla e derrubado do veículo.

PM morto na Vila São Francico


Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar