Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Diário do Nordeste mostra áreas mais violentas de Fortaleza

Diário do Nordeste mostra áreas mais violentas de Fortaleza

Diário do Nordeste mostra áreas mais violentas de Fortaleza
Diário do Nordeste mostra áreas mais violentas de Fortaleza | Diário do Nordeste
Compartilhe
Google Whatsapp

Centro, Jangurussu, Messejana, Barra do Cear? e Mondubim. Estes s?o apontados pelas estat?sticas da Coordenadoria Integrada de Opera?es de Seguran?a (Ciops) como os bairros mais violentos da Capital. Os dados foram obtidos, com exclusividade, pelo Di?rio do Nordeste, que tem, em n?meros precisos, o total de ocorr?ncias registradas pela Pol?cia em cada um destes locais, no primeiro semestre de 2007.

Esta ? a primeira de uma s?rie de reportagens que ser?o publicadas pelo jornal durante esta semana, mostrando uma radiografia da viol?ncia na Capital do Cear? e sua Regi?o Metropolitana. O Di?rio do Nordeste abre, finalmente, a ?caixa-preta? da criminalidade na quarta capital brasileira.

Nesta primeira mat?ria, tra?amos um mapa das ?reas consideradas mais inseguras.

Malha Central

De janeiro a junho deste ano, o Centro de Fortaleza lidera o ?ranking? da viol?ncia. ? apontado como o bairro que registrou o maior n?mero de ocorr?ncias: 9.013 casos, uma m?dia de 50 ocorr?ncias por dia.

Dois fatores contribuem para esta estat?stica alt?ssima: a grande popula??o flutuante - pessoas que v?o ao Centro trabalhar ou fazer compras - e o fato de a Delegacia Central (34? DP) servir como refer?ncia para toda a cidade.

Depois do Centro v?m os bairros de Jangurussu (com 7.513 ocorr?ncias registradas ao todo, m?dia de 41,7 por dia), Messejana (7.363 casos) e Barra do Cear? (7.319 ocorr?ncias). Em seguida v?m o Mondubim, com 6.103 ocorr?ncias registradas pela Ciops no primeiro semestre. Ainda entre os 10 bairros mais violentos da Capital aparecem o Bom Jardim, Edson Queiroz, Papicu, Aldeota e Ant?nio Bezerra.

Gravidade

Nos primeiros seis meses deste ano, 7.363 ocorr?ncias foram registradas pela Ciops somente no bairro de Messejana. Elas s?o dos mais diversos tipos. V?o desde furtos, passam por assalto, at? assassinatos. A m?dia mensal de ocorr?ncias no bairro ? de 1.227, ou seja, 40,9 ocorr?ncias por dia. Isso sem contar com o bairro do Jangurussu, que integra a regi?o conhecida como Grande Messejana. Juntos, os dois bairros j? totalizam 14.876 ocorr?ncias em apenas seis meses.

No Centro, a maior fatia da criminalidade fica com os roubos a pessoas e furtos de ve?culos. Poucos casos de assassinatos foram registrados no bairro. J? na Grande Messejana, o n?mero de assaltos e homic?dios, al?m da alta incid?ncia do tr?fico de drogas, dividem a preocupa??o das autoridades.

Riqueza X Viol?ncia

O endere?o do professor universit?rio Arnaldo Dias Belchior, 47 anos, uma das mais recentes v?timas de latroc?nio, fica em uma ?rea considerada nobre da Capital. Na noite do ?ltimo dia 12, ele foi atacado por bandidos armados quando chegava, com a esposa, Maria de F?tima Ara?jo Belchior, em sua resid?ncia, um condom?nio situado na Rua Coronel Manuel Jesu?no, 1044, no bairro da Varjota, no Setor Leste de Fortaleza.

Apesar de serem chamados de nobres, os bairros da Aldeota e Papicu tamb?m aparecem entre os que registraram maiores ?ndices de ocorr?ncias pela Ciops, no primeiro semestre de 2007.

Na Aldeota, a Ciops contabilizou 2.907 ocorr?ncias em seis meses, uma m?dia de 16 ocorr?ncias por dia. No Papicu, 2.166 casos, ou 12 por dia. Nestes dois locais a viol?ncia se mostra principalmente no ataque aos motoristas, nos sem?foros. Pontos cr?ticos como a Via Expressa e seus cruzamentos com grandes avenidas j? s?o mais do que discutidos em reuni?es entre Pol?cia Militar e a c?pula da Seguran?a P?blica no Estado. Sem?foros ?inteligentes?, cabines da PM e viaturas espalhadas nas esquinas foram algumas das tentativas para a redu??o dos altos ?ndices de criminalidade nestes pontos da cidade.

Mais

Outros dois bairros localizados em uma regi?o que tem crescido bastante nos ?ltimos anos tamb?m entraram na lista dos dez mais violentos da Capital. S?o o Edson Queiroz e o Jardim das Oliveiras. No primeiro, a Ciops registrou 4.937 ocorr?ncias. J? no Jardim das Oliveiras foram registradas 695 ocorr?ncias.

Centro:


Tópicos
Compartilhe
Google Whatsapp

veja também

Localização

Definir a localização padrão

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Fique por dentro

Receba notícias quentinhas diretamente no seu whatsapp

Continuar

Falta pouco, agora escolha as categorias que deseja receber notícias

Aperte (ctrl + clique) para selecionar vários
Pronto!

Agora você passará a receber novidades diretamente no seu whatsapp.

Termos de uso

Texto

Política de privacidade

Texto

×