Doceria no Espírito Santo vende brigadeiros de cachaça e formigas

O efeito anestésico do brigadeiro é causado pela cachaça de jambu.

As receitas de brigadeiros vêm sendo remodeladas nos últimos tempos. Além de variações já tradicionais, como os recheados com uva ou morango, docerias brasileiras inovam com coisas como o brigadeiro de paçoca e o de café. E uma loja do Espírito Santo chama a atenção com um doce que, além de deixar a boca dormente, tem uma formiga saúva na decoração.

O efeito anestésico do brigadeiro é causado pela cachaça de jambu, uma erva típica da região Norte. Como a dormência de partes do corpo é muitas vezes chamada de “formigamento”, o chef Fábio Corrêa, da Finesse Doces Finos, localizada em Serra, no Espírito Santo, decidiu brincar e decorar o quitute com uma saúva.

Fábio destaca a importância dos ingredientes brasileiros, que vêm ganhando destaque na culinária daqui e do exterior. Enquanto o jambu é típico da região Norte, comer formigas saúva rainhas, conhecidas como içá ou tanajuras, é uma tradição que nasceu com os índios, passou para os sertanejos e tropeiros e hoje se mantém viva, especialmente no Nordeste.

Image title

Image title

Image title

Image title

Fonte: Hypeness
logomarca do portal meionorte..com