Doria é recebido com protestos por ter mandado retirar grafites

Os participantes levavam cartazes com frases como “Cidade Cinza”.

O prefeito de São Paulo, João Doria, foi alvo de um protesto quando chegava à Catedral da Sé, na região central de São Paulo, na manhã desta quarta-feira (25), dia de aniversário da cidade.

Os participantes levavam cartazes com frases como “Cidade Cinza”, em alusão às paredes que tinham grafite e foram pintadas de cinza na Avenida 23 de Maio e ao programa "Cidade Linda", uma das bandeira de Doria para embelezar a cidade.

Um outro manifestante presente à praça da Sé levava o cartaz “mais cor, por favor”. Havia ainda protestos sobre outros temas, como o aumento da tarifa de integração.

Segundo Doria, os painéis foram apagados porque estavam pichados. O prefeito promove uma cruzada contra os pichadores e já chegou a classificá-los de agressores. Doria já anunciou que a avenida terá oito espaços para os grafiteiros.

Image title

Image title

Fonte: Com informações do G1
logomarca do portal meionorte..com