Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

Barack Obama diz que plano de US$ 825 bilhões deve ser aprovado em fevereiro

A declaração foi feita em reunião com líderes dos dois partidos -Democrata e Republicano

Barack Obama diz que plano de US$ 825 bilhões deve ser aprovado em fevereiro
Obama em reunião com líderes | Divulgacao
Compartilhe

O presidente dos EUA, Barack Obama, disse nesta sexta-feira (23) que o Congresso está "no bom caminho" para aprovar até 16 de fevereiro o plano de resgate da economia de US$ 825 bilhões -apesar de ainda haver "diferenças" que precisam ser resolvidas.

A declaração foi feita em reunião com líderes dos dois partidos -Democrata e Republicano- no Congresso.

Obama voltou a dizer que a crise econômica enfrentada pelos EUA é "sem precedentes" e que é preciso agir "rapidamente".

O pacote foi aprovado pelo Comitê de Apropriações da Câmara dos EUA na noite de quarta-feira (21), mas ele ainda precisa passar por outros comitês para ir a plenário nas duas casas e ser aprovado por Obama.

O pacote apresentado ao legislativo pela equipe do presidente Barack Obama deverá movimentar US$ 825 bilhões, dos quais dois terços serão dedicados a investimentos e reduções de impostos. No início do mês, Obama informou, em um programa de rádio, que "o objetivo número um" de seu plano é a criação de três milhões de empregos, 80% deles no setor privado.

No texto apresentado, o plano vai se decompor em "US$ 275 bilhões relativos a reduções de impostos e em US$ 550 bilhões em investimentos prioritários programados e cuidadosamente priorizados", segundo a Câmara, devendo ser aprovado sem dificuldade pela câmara baixa no Congresso, onde o partido democrata dispõe de ampla maioria.

O Senado deve ainda propor suas próprias emendas para que o Congresso discuta, em seguida, o texto final.

O projeto de lei pinta um quadro dramático da situação econômica americana: "a crise em que estamos mergulhados é inédita desde a Grande Depressão" dos anos 30. Nossa tarefa em curto prazo será tentar impedir a perda de milhões de empregos e de recolocar a economia em movimento. A tarefa em prazo mais longo será realizar os investimentos necessários para possibilitar às famílias de classe média aumentar seus rendimentos e construir o futuro pour seus filhos", acrescenta.

O projeto insiste, também, em que "o dinheiro do contribuinte seja gasto de maneira transparente de modo que os americanos também possam acompanhar os resultados de seus investimentos".


Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar