Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

Biocombustíveis atraem investidores estrangeiros para o PI

A notícia só reforça a certeza de uma perspectiva de crescimento no setor de biocombustíveis no Piau

Compartilhe

O governador Wellington Dias estar? em S?o Lu?s no dia 23 de maio, juntamente com os governadores do Maranh?o, Jackson Lago, e do Tocantins, Marcelo Miranda, para assinar um Termo de Inten?es para constru??o de um Etanolduto, que ligar? os tr?s estados de forma a contribuir com o escoamento da produ??o do etanol para o exterior, atrav?s do Porto de Itaqui, no Maranh?o.

A not?cia s? refor?a a certeza de uma perspectiva de crescimento no setor de biocombust?veis no Piau?. De acordo o superintendente de Rela?es Internacionais, S?rgio Vilela, alguns fatores provocam uma procura de investidores estrangeiros pelo biocombust?vel em lugares como a ?frica e o Brasil. Aqui, algumas regi?es s?o mais procuradas do que outras. ?Maranh?o, Piau?, Bahia e Tocantins s?o estados muito procurados por terem muita ?rea para produ??o, diferente de outras ?reas no Sul e Sudeste do pa?s?, explica o superintendente.

Os investidores sabem disso e t?m procurado mais informa?es sobre as potencialidades destas regi?es, com inten?es de se instalarem efetivamente. ?Os nossos maiores problemas s?o de infra-estrutura (estradas, ferrovias, hidrovias e portos). No entanto, com alguns projetos j? aprovados e muitas obras em execu??o, a proje??o ? de que at? 2010 teremos mais estrutura para apoiar estes investimentos?, frisa Vilela.

No Piau?, mesmo com essas defici?ncias, investidores de mais de 10 pa?ses, como Portugal, Holanda e It?lia, j? desenvolvem no Estado projetos concretos na ?rea de produ??o, que agora n?o e s? do biocombust?vel, mas tamb?m de alimentos. Fatores como muitas terras baratas e dispon?veis, muita ?gua, sol e incentivos fiscais servem como atrativos. ?Hoje existe uma crise de alimentos no mundo, por isso estes investidores s?o atra?dos para c?, especialmente para o ramo de gr?os?, destaca.

? o caso da empresa Perfil Agropecu?ria que est? instalando uma usina de beneficiamento de arroz na regi?o dos cerrados. Outra empresa, a Comanche Clean Energy, firmou h? cerca de uma semana um protocolo de inten?es para produzir o biodiesel e daqui a um ano j? come?a o processo de instala??o da usina de etanol (?lcool combust?vel). A Bunge, empresa holandesa que j? est? h? algum tempo, tamb?m ? um exemplo. ?Uma empresa italiana assinar? um protocolo, no final deste m?s, para instalar na regi?o do Parna?ba uma usina para produ??o de etanol e biodiesel?, acrescenta.

A procura pelo biocombust?vel aumenta a cada dia. O superintendente destaca que a Uni?o Europ?ia decidiu que at? 2020 todos os pa?ses da Europa ter?o de adicionar 2% de biodiesel no diesel comum e nos Estados Unidos a procura pelo etanol est? cada vez maior.

A diferen?a ? que eles produzem o etanol a partir do milho, tr?s vezes mais caro que o produzido pela cana-de-a?car, fabricado aqui. Os pa?ses europeus e os EUA precisam produzir cada vez mais por conta do crescimento mundial, mas n?o t?m mais terra, por isso o Brasil e mais especificamente o Piau? s?o t?o favor?veis para eles. ?? um quadro mundial que favorece essa procura pelo Piau? e por outros estados no centro no Brasil?, finaliza.


Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar