Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

Câmara de Deputados aprova prorrogação da CPMF

Câmara de Deputados aprova prorrogação da CPMF

Câmara de Deputados aprova prorrogação da CPMF
Câmara de Deputados aprova prorrogação da CPMF | Divulgação
Compartilhe

Os deputados aprovaram na noite desta quarta-feira, ap?s mais de 12 horas de discuss?o em Plen?rio, o texto base da Proposta de Emenda Constitucional (PEC) que prorroga a cobran?a da CPMF e a Desvincula??o das Receitas da Uni?o (DRU) at? 2011. O governo venceu por um placar apertado, j? que conseguiu apenas 30 votos a mais do que precisava para aprovar a mat?ria. Dos 457 deputados que votaram, 338 aprovaram a PEC, 117 votaram contra e dois parlamentares se abstiveram.

O presidente da C?mara, deputado Arlindo Chinaglia (PT-SP), convocou uma sess?o extraordin?ria para as 10h de quinta-feira, quando ser? retomada a vota??o da PEC. Os deputados passam a analisar 10 destaques e 65 emendas aglutinativas ao texto. Depois de apreciadas as emendas, os deputados ainda votam a mat?ria em segundo turno antes de envi?-la ao Senado.

Contudo, o vice-l?der do governo, deputado Beto Albuquerque (PSB-RS), disse que dificilmente os deputados ir?o recome?ar o debate amanh?. "Estamos muito cansados. Devemos recome?ar s? na semana que vem", comentou ao t?rmino da sess?o.

A vota??o deveria seguir pela madrugada, mas uma manobra da oposi??o retirou todos os requerimentos que obstru?am a decis?o sobre a PEC e tentou pegar os governistas de surpresa, j? que muitos parlamentares da base estavam em reuni?es de bancadas ou fora do plen?rio por algum motivo. "Quer?amos evitar que eles pudessem fazer um teste para saber quantos deputados estavam na Casa realmente, por isso tentamos apressar a vota??o", explicou o deputado ACM Neto (Democratas-BA).

Albuquerque disse que a mudan?a da estrat?gia da oposi??o acabou ajudando o governo, porque apressou a decis?o do PMDB, que permanecia reunido para definir a posi??o final sobre a vota??o. "Acabou afunilando no final e ajudou para que o PMDB declarasse logo que a maioria dos seus deputados votaria pela CPMF", comentou. Por?m, o n?mero de trai?es na base do governo foi grande e o vice-l?der disse que isso ter? um reflexo nas atitudes do governo.

"Vamos analisar a planilha de vota??o com cuidado. Quem vota contra o governo ? amigo da on?a. Amigo do on?a a gente n?o leva para dentro de casa", disse o parlamentar dando recado aos traidores.

O deputado Paulo Bornhausen (Democratas-SC) disse que j? esperava o resultado favor?vel ao governo, mas comentou que houve menos votos a favor da PEC do que o esperado. "Ainda podemos mudar alguma coisa no texto com as emendas e com os destaques, porque eles tiveram apenas 338 votos. Pensei que seria mais. Mas a verdadeira guerra ser? no Senado. Temos que aguardar", comentou ap?s a sess?o.


Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar