Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

Com economia de R$ 4 bilhões, termina o horário de verão

Ele busca o melhor aproveitamento da luz natural, adiantando-se os relógios em uma hora

Compartilhe

Acabou o horário de verão. A partir da 0h deste domingo (15), os relógios devem ser atrasados em uma hora nos estados das Regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste. A medida para reduzir a demanda de energia elétrica teve início em 19 de outubro de 2008.

De acordo com o Ministério de Minas e Energia, o horário de verão rendeu ao país uma economia de cerca de R$ 4 bilhões. A redução da demanda por energia elétrica no horário de pico, entre 18 horas e 20 horas, foi de 2 mil megawatts, sendo 1,5 mil megawatts nas Regiões Sudeste e Centro-Oeste e 500 megawatts na Região Sul.

O horário de verão busca o melhor aproveitamento da luz natural, adiantando-se os relógios em uma hora. A medida reduz o consumo de energia elétrica entre 18 horas e 20 horas.

Além do Distrito Federal, o horário de verão abrange os estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Minas Gerais, Goiás, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul. O ministério afirma que a abrangência se deve ao fato de ser possível um aproveitamento mais eficiente da luz solar nessa época do ano nesses estados


Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar