mais

Comércio aposta no Dia das Mães para aquecer as vendas

Empresários têm utilizado a criatividade para atrair a clientela e superar a crise.

Mesmo com a crise sanitária enfrentada pelo Brasil, o comércio espera realizar boas vendas para o Dia das Mães. Segundo o presidente do Sindicato dos Lojistas do Comércio do Estado do Piauí (SINDILOJAS), Tertuliano Passos, a expectativa para este ano é de aumento do volume de vendas."Esperamos que possamos abrir as lojas até à véspera do Dia das Mães, pois se abrirmos até sábado, acredito que faremos bons negócios", disse.

O empresário diz que não há como estipular de quanto será o aumento do volume de vendas. Mas a perspectiva é de que seja melhor que os meses de janeiro, fevereiro, março e abril. O momento agora é de esperança.

Tertuliano Passos espera aumento de vendas com o Dia das MãesTertuliano Passos espera aumento de vendas com o Dia das Mães

Tertuliano afirma que no ano passado, o consumidor estava mais capitalizado. O auxílio emergencial era mais robusto que o atual. Hoje, segundo ele, apesar da crise financeira ser maior e o desemprego ter aumentado, o Dia das Mães é uma data em que o comércio é aquecido. "O filho sempre faz esforço para presentar a mãe", diz o empresário, que acredita que no aquecimento do comércio, o que considera um alento para o futuro da atividade, com a perspectiva que possa trazer o emprego de volta.

Segundo Tertuliano, Teresina é uma cidade eminentemente comercial e com um comércio forte há mudança na indústria que também começa a produzir e contratar mais. "Tudo passa pela atividade comercial", conta.

O presidente do Sindilojas diz que não pode projetar qual a estimativa do volume de vendas. "Queremos vender um pouco mais do que vendemos nos meses anteriores", diz, comentando que os dias em que as lojas ficam fechadas reduzem drasticamente as vendas, pois o consumidor não antecipa sua compra. "A compra e a venda são de oportunidade, o consumidor verifica o que está aberto e resolve comprar", diz.

Tertuliano avalia que o mês de janeiro trouxe bons resultados nas vendas. "Quem não comprou no Natal e Ano Novo, comprou em janeiro", diz, informando que fevereiro foi relativamente bom, em março o volume de vendas caiu por conta dos fechamentos e abril está sendo bem difícil. A esperança é que em março tudo volte a melhorar.

Promoções

O presidente do Sindilojas afirma que os empresários têm atuado com criativdade para atrair cliente e também com muita responsabilidade para com o público. As promoções, por exemplo, não há mais as grandes campanhas para evitar aglomerações. "O que fazemos são promoções de produtos justamente para não aglomerar pessoas", diz.

Nestes meses de comércio aberto, Tertuliano diz que o setor de eletro, eletrodoméstico e material de construção foi o que mais vendeu. "Os setores de confecções, calçados e bijuterias tiveram maior queda em 2020 e segue em baixa", diz, enfatizando que acredita muito no retorno completo da economia com a vacinação célere.

Presentes criativos

Há dois meses, Yohana Vitória vem trabalhando com presentes criativos em caixas personalizadas. Antes, trabalhava com festas e eventos e com a pandemia, o setor foi impactado e o jeito foi ver uma outra forma de ganhar dinheiro.

Yohana fez pesquisa de mercado, fornecedor e aplicou seus conhecimentos neste nicho de mercado e vem dando certo. O empreendimento ainda não tem um nome oficial, mas já faz sucesso pela beleza plástica e qualidade dos produtos.

O resultado tem sido bom. No entanto, o volume de encomendas é instável e para o Dia das Mães, ela aposta em grande número de encomendas de presentes, que são caixas de café da manhã, almoço. São presentes criativos, personalizados e cheios de emoção. "Para o dia das mães, minha expectativa é muito boa", afirma, enfatizando que as caixas variam de R$ 130, R$ 160 e F$ 180.

Yohana faz presentes personalizadosYohana faz presentes personalizados

Em Água Branca

Quem também aposta na criatividade são as irmãs Vitória Caroline e Lara Beatriz, que vendem mais na cidade de Água Branca. 

"Temos grande expectativa para o Dia das Mães", diz Vitória, declarando que já comprou 80 cestas para montar suas cestas de presente, que serão comercializadas com preços variados de forma a atender maior número de consumidores.

"Nossa expectativa é ter um resultado melhor que o ano passado", diz Vitória, afirmando que o cliente diz o conteúdo da cesta.

Vitória e Lara elaboram presentes para o Dia das MãesVitória e Lara elaboram presentes para o Dia das Mães

Tópicos

comentários

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Desbloquear Notificações

Como desbloquear notificações

Na barra de endereço, clique no cadeado e em Notificações escolha a opção permitir, como na imagem abaixo

desbloqueio de notificação push

Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail