Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Como as criptomoedas inundaram a indústria do esporte

Essa tecnologia revolucionou até a maneira tradicional como os grandes clubes de futebol fazem suas negociações com jogadores, equipa técnica e merchandising.

Compartilhe
Google Whatsapp

É fato que a Blockchain está encontrando terreno fértil em muitos setores e o investimento online continua a crescer diariamente. Aparentemente, nos esportes e particularmente no futebol tem sido mais rápido. Essa tecnologia revolucionou até a maneira tradicional como os grandes clubes de futebol fazem suas negociações com jogadores, equipa técnica e merchandising.

O futebol é o esporte mais popular do planeta e paralisa o mundo a cada quatro anos. Não em vão, mais de 3,5 bilhões de pessoas puderam sintonizar a última Copa do Mundo de 2018 na Rússia, de acordo com uma auditoria realizada pela Federação Internacional de Futebol Associado (FIFA). Portanto, não surpreende que qualquer anunciante associado a grandes marcas de futebol queira se beneficiar dessa exposição.

Pixabay


Da mesma forma, os fãs geralmente têm um apetite insaciável por consumir produtos da marca do seu clube, de camisetas a roupas assinadas, tudo para se sentirem mais próximos do seu time favorito.

Sob essa premissa, várias grandes equipes europeias como Real Madrid, Arsenal, Borussia Dortmund, Juventus, Paris Saint Germain e West Ham deram o primeiro passo e adotaram soluções baseadas em Blockchain para oferecer aos fãs a experiência de token.

Também foram criadas plataformas permitem que equipes lancem seus próprios tokens que podem ser usados pelos fãs na plataforma para participar de votações e ter acesso a conteúdo e memórias exclusivos. É um caso de uso interessante para o Blockchain e o fato desses clubes de alto nível se juntarem é um grande endosso para o setor.

Reprodução


Outro exemplo é o clube de futebol português Benfica, que começou a aceitar criptomoedas como pagamento por mercadorias e ingressos em junho de 2019. A medida foi direcionada principalmente para atender a demanda de mais de 7 milhões de fãs nas redes sociais, e agora os apoiadores podem fazer compras usando BTC, ETH e UTRUST.

Esportes e criptomoedas fazem um belo casamento e criam enormes oportunidades de negócio, como esses abaixo:

Em 2018, equipes da Premier League entraram em acordo com empresas de negociação de criptomoedas ou empresas de apostas e firmaram parcerias: desde essas empresas se tornarem patrocinadoras oficiais das equipes e terem o seu logo no uniforme dos jogadores, a as equipes introduzirem e promoverem o uso dessas moedas digitais dentro dos seus canais de comunicação. Newcastle, Tottenham Hotspur, Brighton e Hove Albion, Cardiff, Crystal Palace, Leicester City, Southampton, Wolverhampton Wanderers e Liverpool são exemplos de equipes que fizeram parte de acordos.

Mais recentemente e noutro esporte, o Miami Dolphins – time profissional de futebol americano - fez parceria com Litecoin (LTC) como criptomoeda oficial da equipe da Liga Nacional de Futebol dos Estados Unidos.

A influência e o escopo que o esporte tem globalmente, um terreno fértil para anunciantes em potencial, são inegáveis. Agora, com plataformas tokenizadas, criptomoedas e Blockchain se aventurando por pouco mais de uma década, a evolução neste setor está sendo impressionante.

Em resumo, as alianças com os grandes times do futebol europeu, bem como o basquete, beisebol e futebol americano, não podem ser subestimadas. E isso é algo que as criptomoedas e o Blockchain estão determinados a aproveitar muito bem.


Tópicos
Compartilhe
Google Whatsapp

veja também

Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar