Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Dólar tem menor cotação desde 2000

A moeda norte-americana fechou negociada a R$ 1,724 na venda, baixa de 0,52%

Compartilhe
Google Whatsapp

O d?lar comercial fechou em queda nesta quarta-feira (20) e atingiu o menor valor nos ?ltimos oito anos.

A moeda norte-americana fechou negociada a R$ 1,724 na venda, baixa de 0,52%. Essa ? a menor cota??o desde o dia 23 de mar?o de 2000.

Ontem, a moeda caiu 0,17%, para R$ 1,734, menor patamar desde 14 de novembro do ano passado.

Segundo analistas, os investidores aproveitavam a melhora do cen?rio externo ? medida que investidores nos Estados Unidos se animavam com os bons resultados da HP.

Dados divulgados nesta manh? pelo Banco Central mostraram que os d?lares voltaram a fluir para o pa?s no in?cio deste m?s, depois da sa?da de US$ 2,35 bilh?es registrada em janeiro deste ano, fruto da crise externa. De acordo com a institui??o, a entrada de d?lares na economia superou a retirada de recursos no valor de US$ 1,04 bilh?o em fevereiro, at? o dia 15.

EUA

O d?lar passou toda a manh? operando em alta, acompanhando a tens?o do mercados frente aos n?meros acima do esperado da infla??o ao consumidor norte-americano combinado com os altos pre?os do petr?leo.

Segundo Renato Schoemberger, operador da Alpes Corretora, o ?ndice dos pre?os ao consumidor veio "praticamente em linha com as expectativas do mercado, este s? deu uma reagida pontual".

Na parte da manh? foi divulgado nos Estados Unidos o ?ndice de pre?o ao consumidor (CPI, na sigla em ingl?s) que veio um pouco acima do esperado.

Mas a melhora das bolsas internacionais, impulsionadas pelos bons resultados corporativos da Hewlett-Packard, facilitou a desvaloriza??o da divisa norte-americana.

No hor?rio do fechamento do mercado cambial, as bolsas norte-americanas apresentavam discretas altas, enquanto o principal ?ndice da Bovespa subia mais de 1%.

"E hoje temos um fluxo bem positivo, estamos tendo entrada de estrangeiros", disse Schoemberger ressaltando que o fluxo era fruto da entrada de estrangeiros em aplica?es financeiras.

Para Sidnei Moura Nehme, diretor executivo da NGO Corretora de C?mbio, a queda do d?lar "n?o tem liga??o direta com o que se passa l? fora".

"(O d?lar) est? muito ligado ao que acontece aqui dentro, puxado pelas altas taxas de juros internas", disse Nehme.

"Mesmo a crise ? incapaz de abalar (a queda do d?lar), pois seus efeitos imediatos n?o atingem o Brasil", afirmou o diretor lembrando que mesmo em janeiro, quando os mercados foram fortemente atingidos pela crise, o d?lar se desvalorizou quase 1 por cento.

Na ?ltima hora de neg?cios, o Banco Central realizou um leil?o de compra no mercado ? vista. A autoridade monet?rio definiu a taxa de corte a R$ 1,7291, e aceitou, segundo operadores, ao menos uma proposta.


Tópicos
Compartilhe
Google Whatsapp

veja também

Localização

Definir a localização padrão

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Fique por dentro

Receba notícias quentinhas diretamente no seu whatsapp

Continuar

Falta pouco, agora escolha as categorias que deseja receber notícias

Aperte (ctrl + clique) para selecionar vários
Pronto!

Agora você passará a receber novidades diretamente no seu whatsapp.

Termos de uso

Texto

Política de privacidade

Texto

×