mais

Em apenas 3 anos, Piauí assume a liderança na energia solar instalada

Piauí é o estado brasileiro com maior potência instalada de geração fotovoltaica centralizada.

Primeiro lugar do Brasil em geração de Energia Solar Centralizada, ou seja por Usinas, em operação no momento, o Piauí tem mais de 1 GW de potência instalada em operação.

Segundo Howzembergson Brito, secretário substituto de Mineração e diretor de Energias Renováveis, a primeira usina de geração de energia solar centralizada entrou em operação no Piauí em setembro de 2017, com duas pequenas usinas de 30MW cada uma, funcionando nos municípios de João Costa e São João do Piauí.

Ainda no final de 2017 entrou em operação, no município de Ribeira do Piauí, a usina solar Nova Olinda, com potência instalada de 210MW. Na época, o parque foi considerado o maior da América Latina.

Em apenas 3 anos, Piauí assume a liderança na energia solar instalada  - Imagem 1

Projeto de energia solar em São João do Piauí (Foto: Celeo Redes Brasil)

"De lá pra cá os investimentos em energia solar só aumentam. Hoje já temos mais de 1GW de potência instalada em operação e o Piauí é o estado brasileiro com maior potência instalada de geração fotovoltaica centralizada, considerando os empreendimentos em operação", diz Howzembergson, enfatizando que o estado tem cerca de 215MW em construção e mais de 2GW de potências em parques que ainda iniciarão suas obras. "Estes se encontram em fase de licenciamentos e outorgas", informa.

De acordo com Howzembergson, quando se fala em energia solar distribuída, que são as que se encontram nos tetos dos piauienses, vê-se um mercado bastante promissor e em crescimento. "Já temos aproximadamente 10 mil sistemas instalados nas casas e empreendimentos espalhados em quase 200 dos 224 municípios piauienses", diz.

Dados da Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL), o Piauí tem empreendimentos em operação em energia solar nas seguintes cidades:

Empreendimentos em operação - Energia solar

Caldeirão Grande do Piauí - 473,4 MW

- Curral Novo do Piauí - 225,6 MW

- Dom Inocêncio - 58,36 MW

- Ilha Grande - 44 MW

- Lagoa do Barro - 617,25 MW

- Marcolândia - 235,80 MW

- Parnaíba - 118,80 MW

- Queimada Nova - 295,80 MW

- Simões - 375,10 MW

Energia solar fotovoltaica

- Alegrete do Piauí - 2,5 MW

- João Costa - 30 MW

- Ribeira do Piauí  - 210 MW

- São Gonçalo do Gurguéia - 575,21 MW

- São João do Piauí - 216,95

Empreendimento em construção não iniciada

Energia eólica 

- Betânia do Piauí - 205,80 MW

- Curral Novo do Piauí - 210,0 MW

- Dom Inocêncio - 621,50 MW

- Paulistana - 37,80 MW

Energia solar fotovoltaica

- Brasileira - 360 MW

- Curral Novo do Piauí - 68,0 MW

- Parnaguá - 887,25 MW

- Ribeiro Gonçalves - 537,85 MW

- São João do Piauí - 150,0 MW

- São José do Piauí - 150 MW

Empreendimentos em construção

Eólica 

- Caldeirão Grande do Piauí - 207,90 MW

- Dom Inocêncio - 247,50 MW

- Lagoa do Barro - 30 MW

- Queimada Nova - 29,40 MW

Solar

- São Gonçalo do Gurguéia - 215,16 MW.

Tópicos

comentários

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Desbloquear Notificações

Como desbloquear notificações

Na barra de endereço, clique no cadeado e em Notificações escolha a opção permitir, como na imagem abaixo

desbloqueio de notificação push

Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail