Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

Emprego formal é 3º em expansão no Piauí

No mês de fevereiro, foram admitidos no Piauí 5.110 trabalhadores e demitidos 4.955

Compartilhe

O emprego formal no Piau? cresce pelo segundo m?s consecutivo, atingindo em fevereiro de 2008 a varia??o positiva de 0,08% no emprego com carteira assinada, sendo o terceiro Estado do Nordeste em expans?o no m?s. Os dados constam no Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged).

No m?s de fevereiro, foram admitidos no Piau? 5.110 trabalhadores e demitidos 4.955, com saldo de 155 v?nculos. Os setores que registraram mais contrata?es que desligamentos foram agropecu?ria (1%), constru??o civil (0,84%) e servi?os (0,11%).

Um fato interessante ocorreu no setor agropecu?rio cujo n?mero de demiss?es no m?s de janeiro provocou uma retra??o na ?rea, registrando naquele m?s um comportamento negativo de (-1,71%). De acordo com o economista de Funda??o Centro de Pesquisas Econ?micas e Sociais do Piau? (Cepro), Sebasti?o Carlos, a explica??o para o crescimento das contrata?es na agropecu?ria agora est? relacionada ao in?cio do per?odo chuvoso.

Outro setor que teve retra??o no m?s anterior e cresceu em fevereiro foi a ind?stria de transforma??o. ?As perdas de janeiro (-2,21%) foram compensadas pelo crescimento em fevereiro, resultando numa varia??o positiva de 0,05%?, disse o economista da Cepro.

As retra?es no m?s de fevereiro ocorreram nas ?reas extrativa mineral (-0,37%), com?rcio (-0,34%) e administra??o p?blica (-0,01). Quanto ao com?rcio, o comportamento negativo ocorre pelo segundo m?s consecutivo, fato esse, segundo Sebasti?o Carlos, ?natural e esperado, diante do fim do efeito natalino.?

No ano, o crescimento do emprego formal no Estado j? atinge o percentual ? de 0,09% e nos ?ltimos 12 meses (fevereiro/2007 a fevereiro/2008) a varia??o positiva ? de 3,63%, refletida pelo saldo de 8.381 novos postos de trabalho. Nesse per?odo, os setores com maior varia??o positiva foram servi?o industrial de utilidade p?blica (24,80%) e extrativismo mineral (10,02%).

Teresina

Na capital, onde se concentra o maior percentual do emprego formal no Estado, a varia??o em fevereiro foi negativa, de 0,03%, com retra??o em cinco atividades econ?micas: extrativa mineral (-3,41%), ind?stria de transforma??o (-0,11%), com?rcio (-0,35%), servi?os (-0,07%) e administra??o p?blica (-0,03%).

Brasil

No pa?s, foram gerados 204.963 novos postos de trabalhos em fevereiro, registrando o crescimento de 0,70% em rela??o ao m?s anterior. Os setores com maiores varia?es positivas no m?s foram administra??o p?blica (2,84%), constru??o civil (1,75%) e agropecu?ria (1,67%).

Nordeste

Ao contr?rio do Piau? e do Brasil, no Nordeste continua ocorrendo retra??o no emprego formal, registrando em fevereiro o comportamento negativo de -0,35%, com a demiss?o de 14.719 trabalhadores. Tal retra??o foi impulsionada pelos Estados do Cear? (-0,22%), Rio Grande do Norte (-0,99%), Pernambuco (-0,56%), Alagoas (-0,99%) e Para?ba (-2,39%). Nos quatro primeiros estados o comportamento negativo ocorre pelo segundo m?s consecutivo.


Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar