O presidente dos EUA, George W. Bush, mais uma vez evitou classificar a situa??o atual da economia americana como recess?o, mas admitiu a ansiedade causada pela alta dos pre?os da gasolina e dos alimentos assim como pelo aumento na execu??o das hipotecas. "Estes s?o tempos dif?ceis", disse Bush. "Os economistas podem discutir sobre a terminologia."

Em entrevista coletiva ? imprensa, ele criticou duramente o Congresso pela pol?tica no setor de energia, afirmando que os democratas bloquearam reiteradamente propostas para abrir ?reas dentro dos EUA para explora??o e produ??o sem preju?zo do meio ambiente. Ele se referia, por exemplo, ao parque nacional de prote??o ? vida selvagem no Alasca.

Bush tamb?m repetiu seu pedido para uma expans?o da capacidade de refino e aumento no uso de energia nuclear para produ??o de eletricidade. O Congresso "pode enviar o sinal certo dizendo que vamos explorar petr?leo e g?s nos territ?rios dos EUA".

Petr?leo

O petr?leo recuou de seu recorde na ter?a-feira (22) passada para cerca de US$ 116 o barril nesta ter?a (29). Os pre?os nos postos de gasolina, enquanto isso, ficaram em m?dia em US$ 3,60 o gal?o no pa?s.

A situa??o levou pol?ticos - sobretudo democratas, mas tamb?m John McCain, que deve disputar a presid?ncia dos EUA pelo Partido Republicano - a pedir que o governo suspenda as compras para os estoques de emerg?ncia de petr?leo dos EUA. Bush disse que a proposta n?o faz sentido porque as compras representam uma fra??o da oferta global e n?o afetam o pre?o.