Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore

Importações crescem 106,7% no Ceará

A boa notícia é que o Estado continua diversificando sua pauta e seus mercados consumidores

Compartilhe

Apesar de as exporta?es terem apresentado alta de 18,8% no acumulado deste ano, a balan?a comercial cearense fechou o bimestre com d?ficit de US$ 66,2 milh?es. As vendas externas somaram US$ 211,3 milh?es, ao passo em que as importa?es alcan?aram US$ 277,5 milh?es nos dois primeiros meses deste ano.

A boa not?cia ? que o Estado continua diversificando sua pauta e seus mercados consumidores. O Estado enviou 85,5 toneladas de produtos, a um pre?o m?dio de US$ 2,5 por quilo. Enquanto as exporta?es apresentaram alta de 18,8% no bimestre, as importa?es tiveram eleva??o de 106,7%, em rela??o ao mesmo per?odo de 2007. Os dados s?o do Minist?rio do Desenvolvimento, Ind?stria e Com?rcio Exterior (MDIC) e foram elaborados pelo Centro Internacional de Neg?cios (CIN/CE), da Federa??o das Ind?stria do Estado (Fiec).

Com a menor taxa de c?mbio real desde os ?ltimos nove anos (a taxa de c?mbio ?real? ? uma medida obtida por meio de uma compara??o do c?mbio vigente com a infla??o do per?odo no Brasil e nos principais parceiros comerciais), a compra de insumos importados tem sido um est?mulo ao setor produtivo local. Ao mesmo tempo, o d?lar baixo limita as empresas que destinam parte de sua produ??o ao exterior.

Como conseq??ncia, em janeiro ?ltimo, a balan?a comercial cearense j? havia registrado resultado negativo (US$ 15,9 milh?es). No m?s subseq?ente, a diferen?a entre o total exportado e importado passou para US$ 50,2 milh?es negativos ? tr?s vezes mais do que o resultado de janeiro.

Para se ter uma id?ia da desvaloriza??o, em 1999, o Cear? exportou 16,1 toneladas de produtos, a um pre?o de US$ 2,8 a tonelada.

Ranking

Com participa??o inferior a 1% nas exporta?es nacionais, o Cear? mant?m-se na 13? posi??o na lista de estados exportadores brasileiros. Vale ressaltar que a coloca??o cearense ocorreu tamb?m devido ao decr?scimo de 11,3% nas exporta?es de Alagoas, causado pela queda nas vendas de a?car. No bimestre, o Pa?s experimentou alta de 23,5% nas vendas externas.

No Nordeste, o Cear? figura como 3? maior exportador, perdendo apenas para Bahia e Maranh?o. O primeiro estado negociou perto de US$ 1,3 bilh?o no acumulado deste ano ? 31% a mais do que em 2007, com destaque para os produtos petroqu?micos. J? o segundo, exportou US$ 307 milh?es, com queda de 8,7%, quando comparado aos dois primeiros meses do ano passado.

Os t?cnicos do CIN/CE chamam aten??o para o fato de a diferen?a entre as exporta?es de Cear? e Maranh?o, que passou de US$ 158,5 milh?es, em 2007, para US$ 95,7 milh?es este ano, caracterizando o crescimento absoluto das vendas externas do Estado dentro da Regi?o Nordeste. ?Tal fato est? fortemente relacionado ? venda de dois novos produtos do setor coureiro que t?m como principal destino a It?lia e os EUA, respectivamente?, afirma Roberta Peixoto, do CIN/CE.


Tópicos
Compartilhe
Não venda minhas informações pessoais

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Podcast

Selecione seus podcasts

atualizar