mais

Movimento do comércio de Teresina já começa a crescer

Lojas estão abastecidas para poder sanar a demanda

A semana que antecede o Natal é de movimento cheio nas lojas, calçadas lotadas e trânsito engarrafado no centro de Teresina. Para os comerciantes, a movimentação intensa é sinônimo de esperança de boas vendas neste final de ano. O movimento de compra, no entanto, já é maior do que o esperado, segundo comerciantes ouvidos pelo Jornal Meio Norte. Com isso, o comércio tem funcionamento especial.

Com as compras neste período, o comércio da capital se programa para lucrar ainda mais. Com estoque abastecido e muita variedade, a comerciante Francisca Almeida comemora a grande quantidade de consumidores que circula em sua loja de confecções. Ela vê com expectativa positiva o aumento das vendas nesta semana, isso por conta do pagamento da segunda parcela do 13º salário dos servidores estaduais e municipais.

“Até a semana passada, o movimento estava um pouco fraco, mas nesta semana começou a esquentar e a loja está lotada. Com certeza, este ano vamos alavancar nossas vendas, este ano já deu uma mudada em relação ao ano passado”, comemora.

Os consumidores estão gastando, as lojas populares estão cheias, como afirma Francisca. “O estoque está abastecido, a loja tem preço popular de peças a R$ 10,00 e por isso é muito procurada, porque o material é excelente, o que faz os clientes retornarem”, disse.

No que depender do gerente de uma rede de varejo, José Cazuza, o Natal será de presente garantido para toda a família. Para ele, o comércio mostra-se confiante. “Já estamos com um leve crescimento nesta semana que antecede o Natal. Estamos com uma boa expectativa para as vendas deste ano e com certeza no fim do mês teremos o resultado pretendido aqui na loja”, afirma.

Segundo o gerente, os setores mais aquecidos neste período são os de eletroeletrônicos e vestuários. “A linha de celulares é muito vendida, confecções, estofados e refrigeradores são muito procurados, tanto que nosso setor de eletrodomésticos já está com crescimento bem acima do ano passado”, considerou Cazuza.

Horário será estendido no Centro e bairros

A abertura do Centro em horários estendidos no final de semana facilita a compra dos presentes, é o que espera a gerente de uma rede de camisaria, Maria Elizabeth. De acordo com o Sindicato dos Lojistas do Comércio do Estado do Piauí (Sindilojas/PI), o funcionamento das lojas do Centro e bairros terão horários estendidos durante o mês de dezembro.

“Já nos preparamos para esperar os clientes com uma carga horária especial”, explica. Com o horário especial de Natal, a rede espera um aumento no faturamento pela venda de peças de vestuários. Elizabeth espera liquidar o estoque. “A expectativa para o fim de semana vai ser muito boa, inclusive no domingo. Temos promoções maravilhosas de combos e descontos em cada peça”, garantiu.

A data também deve injetar R$ 34,4 bilhões no varejo brasileiro, segundo previsão da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC). Conforme o Sindilojas-PI, no ano de 2017 o comércio teve uma queda de 1,5% em relação a expectativa de 2016. Neste ano de 2018, o sindicato aposta em um aumento considerável nas vendas na capital e projeta aumento de 5% nas vendas em relação ao mesmo período do ano passado.

Tópicos

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Desbloquear Notificações

Como desbloquear notificações

Na barra de endereço, clique no cadeado e em Notificações escolha a opção permitir, como na imagem abaixo

desbloqueio de notificação push

Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail